André Gonçalves tem prisão decretada

André Gonçalves tem prisão decretada

De acordo com Leo Dias, André Gonçalves teve sua prisão preventiva decretada por conta de uma dívida de mais de R$ 350 mil em pensão alimentícia para sua filha Valentina Benini, de dezoito anos. O artista tem 60 dias para se apresentar à Justiça, e ele deverá utilizar tornozeleira eletrônica.

A decisão foi decretada pela Justiça de Santa Catarina nesta terça-feira (23) em um processo movido por sua ex-mulher, a jornalista e atriz Cynthia Benini, por dívidas com a pensão alimentícia da filha que tiveram. O valor mensal estabelecido para suprir necessidades básicas da filha Valentina é de R$ 4,5 mil.

Gonçalves estava inadimplente desde 2007. Neste período, a dívida chegou a R$ 112.044,33. Com juros e correção monetária, o valor subiu para R$ 352.579,01.

André Gonçalves tem prisão decretada

A sentença determina que o ator fique em prisão domiciliar pelo prazo de 60 dias. O judiciário também estabeleceu que ele deve ficar monitorado por tornozeleira eletrônica. Ele ainda não foi notificado da decisão e, segundo seu advogado, Sylvio Guerra, o ator vai cumprir a determinação judicial.

“André foi demitido e desde então é desempregado. Nesses 5 anos os juízes vinham acolhendo nossas ponderações e provas, de que sem emprego ele não tem como arcar com a pensão integralmente. Mas neste período ele nunca deixou os filhos totalmente desemparados. Sempre que faz um trabalho, ele paga alguma coisa, mas não valor integral” disse Sylvio Guerra, advogado de André. assim

Benini e Gonçalves tiveram um relacionamento entre 2002 e 2006. Desde 2016 ele está casado com a atriz Danielle Winits. então

O ator já foi funcionário da TV Globo e também passou pela Record e pelo SBT. Em julho deste ano, ele teve os bens penhorados por conta das dívidas com a pensão da filha. aliás

Penhora

Em julho deste ano, a Justiça pediu a penhora de um carro e de uma moto em 2019 e chegou a bloquear as contas de André, mas encontraram um saldo de apenas R$ 18. Após analisarem os extratos bancários do ator em 2020, os advogados de Valentina comprovaram que ele parou de usar suas contas desde que o processo começou.

Foi pedido, então, que a Justiça bloqueasse as contas da empresa de André, mas o juiz negou. Nesse caso, é necessário que se faça uma ação específica chamada desconsideração inversa de personalidade jurídica.

André alegou que o carro Kia Picanto que foi penhorado pela Justiça foi vendido há cinco anos, mas não comprovou a venda com documentos. O ator passou um endereço para que recolhessem sua moto modelo Honda PCX, que vale menos de R$ 10 mil e seria seu único bem.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente