Antonia Fontenelle rebate acusação de xenofobia feita por Giselle Itié

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Antonia Fontenelle rebate acusações de xenofobia feitas por Giselle Itié

Antonia Fontenelle rebateu as acusações de xenofobia feitas por Giselle Itié. Na semana passada, Giselle comentou o caso de assédio sexual envolvendo a humorista Dani Calabresa e disse ter sido vítima de assédio de um diretor. Antonia Fontenelle então entendeu que esse diretor seria Marcos Paulo, com quem foi casada e pediu pra Giselle Itié ‘voltar para seu país’, em referência ao México, local de nascimento de Itié, que é radicada no Brasil desde os quatro anos.

De acordo com Ancelmo Gois, colunista do jornal “O Globo”, ela vai processar Fontenelle sob a acusação de xenofobia.

Antonia então rebateu a reportagem do jornalista “Acordei com muitas mensagens em meu whatsapp e com o Google alerta me dando conta de uma nota, muito mal escrita inclusive, pelo Sr. Ancelmo Góis. Pra quem não sabe, Ancelmo Gois é um senhorzinho que trabalha no Jornal O Globo, que já teve sua credibilidade, que resolveu pegar no meu pé, já a bastante tempo. Ancelmo, eu sei quais são os seus anseios, seu medo e não só seu, mas de alguns que assim como você depende desse salário pra sobreviver.

Jornalista

Fontenelle falou ‘de jornalista para jornalista’ “Me orgulho muito de hoje dizer que sou jornalista. Porque eu prefiro não atuar do que fazer um trabalho nojento, como você faz Ancelmo, isso não é de hoje.”

Então Antonia Fontenelle se defendeu das acusações de xenofobia “Hoje o Ancelmo escreveu na coluna dele, que a Giselle Itié, uma atriz mexicana que mora no Brasil desde pequena, segundo a nota do Ancelmo, a Giselle vai me processar por xenofobia. Deem um google e vejam o significado de xenofobia. Eu não sou xenofobica. Quando eu escrevi no meu vídeo o meu descontentamento pelo assassinato de reputação de um morto, que a Sra. Giselle tentou fazer, eu disse que ela deveria voltar pro México porque eu acho um desserviço o que ela faz aqui no meu país.”

De acordo com o Google, xenofobia é o medo, aversão ou a profunda antipatia em relação aos estrangeiros, a desconfiança em relação a pessoas que vêm de fora do seu país com uma cultura, hábito, raça ou religião diferente.

Diretores

Antonia ainda revela que algumas pessoas estão dizendo que Giselle sofreu assédio por diversos diretores mas não citou nomes “Quando a gente vem fazer uma acusação grave dessas, a gente tem que dar nomes. Pra que essas acusações não recaiam sobre outras pessoas que não tem nada a ver com isso, ai já é covardia o nome disso”.

Além disso, Fontenelle mostrou reportagens publicadas na época em que Giselle gravou a novela dirigida por Marcos Paulo. De acordo com as publicações, Giselle e Marcos teriam vivido um romance.

“Se a Giselle resolver realmente me processar, em juízo a gente mostra todo o resto. Mas eu como jornalista não poderia jamais ficar calada para essa nota do Sr. Ancelmo Góis. Que vive pra me atacar. Ancelmo, pra finalizar, você tá batendo na pessoa errada. Eu não tenho pretensões políticas não. Se um dia eu tiver eu vou vir aqui avisar. Quem quiser votar em mim vai votar, quem não quiser não vai. Eu nunca vou viver da política.” finalizou.

Paulo Betti e Dadá Coelho

De acordo com Antonia Fontenelle, Paulo Betti fez uma publicação a criticando “Eu acordei jogando pérola aos porcos e vou dormir fazendo isso. Eu tava aqui rindo, porque rir é o que me resta dessa situação. Me mandaram aqui um post do Paulo Belli que ele diz ‘num país que tem um Cristo de braços abertos, ter alguém xenofóbica. Antonia Fontenelle, sempre ela’. Sempre ela o que Paulo Betti?”

Antonia Fontenelle rebate acusações de xenofobia feitas por Giselle Itié

Aliás, Antonia relembra um momento em que ajudou o ator “Eu te levei no meu programa de rádio pra divulgar o teu espetáculo, lembra no De cara da FM O Dia? Fui super honesta com você, fui super generosa com você. E agora me surpreendo com esse post. E o que é mais estranho, e não me surpreendo, é que você me bloqueou não me dando nem a oportunidade de me defender. Apesar de que eu não tenho nada pra me defender porque é uma coisa claramente política. Vocês não sabem separar as coisas.”

Convivência

A artista ainda disse que Marcos Paulo a alertava sobre as atitudes de alguns colegas “Que pena que tudo o que meu marido me falava eu constato ao longo desses anos, de pessoas com quem ele conviveu.”

Paulo é casado com Dadá Coelho. Antonia fez quastão de citá-la também “Agora me surpreende também é a esposa do Paulo, a Dadá Coelho, minha conterrânea, nordestina, comediante cujo grande sonho de menina Dadá era fazer novela na TV Globo e foi ser repórter do Big Brother. Outro dia deu uma declaração dizendo que era nordestina demais pra ser aceita na Tv Globo. Que pena, vocês fazerem isso comigo por uma questão política. É inacreditável, que coisa feia, que coisa suja.”

Ela finalizou pedindo para que as pessoas sigam as redes sociais do ator que tem 219 mil seguidores no Instagram “Vão lá no instagram do Paulo Betti, sigam ele que ele ta com poucos seguidores. Dadá também é uma grande comediante, merece ter mais seguidores, mais reconhecimento e mais sucesso.”

Veja Também: Antônia Fontenelle rebate acusações de assédio feitas por Gisele Itié

Caso Giselle Itié

Na semana passada, Giselle comentou o caso de assédio sexual envolvendo a humorista Dani Calabresa e disse ter sido vítima de assédio de um diretor. Com a repercussão do caso na Globo, Itié demonstrou apoio à estrela de “Zorra” e revelou que ela própria já foi vítima de assédio sexual, aos 23 anos, pelo diretor de uma novela da qual participava – sem citar nomes.

Na época, o folhetim com o qual Itié estava envolvida era “Começar de Novo”, da Globo, que teve Marcos Paulo, falecido em 2012, como diretor. Ele foi casado com Fontenelle entre 2008 e o ano de sua morte, e ela foi rápida em abordar os comentários da atriz nas redes sociais.

“Hoje acordei com meu WhatsApp explodindo. Um monte de amigos me mandando mensagens de matérias com uma atriz, que já passou pela TV Globo, se perfazendo de um assunto muito sério, que é o que a Dani Calabresa está passando neste exato momento”, disse Fontenelle por vídeo.

“Desgosto. Triste saber que existem mulheres como você, dona Giselle. Volta pro seu país, é o melhor que você faz”, afirmou, em referência ao México, local de nascimento de Itié, que é radicada no Brasil desde os quatro anos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente