Após nocaute em Bambam, Popó confirma luta com outro famoso

Famosos capricham no look gala para luta de Anderson Silva
Após nocaute em Bambam, Popó confirma luta com outro famoso. Foto Agnews

Popó já tem um novo adversário famoso para lutar. O lutador revelou na noite deste sábado (15) durante o Spaten Fight Night que enfrentará Pablo Marçal em dezembro de 2024. Em fevereiro deste ano, Popó nocateou Kleber Bambam com apenas 36 segundos de luta. assim

“Fui desafiado pelo Pablo Marçal, o Belfort correu e em dezembro pego você. Você [Marçal] desafiou, agora aguenta”, provocou Popó, em entrevista ao canal Combate. assim

Popó inicialmente tinha planos de aceitar o desafio do ex-campeão do UFC, Vitor Belfort. Entretanto, os dois não chegaram a um consenso sobre o limite de peso para o confronto nas regras do boxe e ficou livre para aceitar a proposta de Pablo Marçal. assim

Em 1999, Popó ganhou o cinturão da categoria superpena da WBO ao vencer o russo Anatoly Alexandrov, por nocaute, no primeiro assalto. assim

Popó lança desafio a ator Jean-Claude Van Damme
Após nocaute em Bambam, Popó confirma luta com outro famoso. Foto Leo Franco/ Agnews

A disputa poderá valer cinturão!

No início deste mês, Pablo Marçal arrematou no leilão organizado pelo Instituto Neymar Jr. um cinturão doado por Popó. A peça que representa o título da categoria superpena da WBO (World Boxing Organization) conquistado por Popó em agosto de 1999. assim

Popó doou o cinturão para ajudar as crianças e adolescentes atendidos pelo projeto social. Pablo Marçal, por sua vez, não titubeou e desembolsou R$ 320 mil para ficar com a peça.

Ainda no evento, Marçal foi até o palco, encarou Popó e o desafiou para uma luta. O empresário afirmou que se o tetracampeão vencê-lo terá o cinturão de volta. assim

Popó defendeu o cinturão da categoria dez vezes. Entre as defesas, a mais marcante foi aquela em que o brasileiro unificou o cinturão da WBO com o da WBA (World Boxing Association) em janeiro de 2002 na luta contra o cubano Joel Casamayor, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Ele bateu o adversário na decisão unânime dos juízes.

“Defendi esse cinturão dez vezes, em uma dessas lutas eu levei 45 pontos no rosto, na unificação do cinturão contra o cubano Joel Casamayor. Trouxe para ele [Neymar] esse cinturão”, disse Popó, emocionado, ao falar sobre a doação para o leilão do jogador do Al Hilal e da Seleção Brasileira.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente