Após ser preso, Belo faz show com aglomeração no Rio

Após ser preso, Belo faz show com aglomeração no Rio
Após ser preso, Belo faz então show com aglomeração no Rio. Foto Agnews

Após ser preso por fazer um show clandestino em meio à pandemia do novo coronavírus, Belo se apresentou no fim de semana no Rio de Janeiro. Aliás, um site que anunciava um show do cantor Belo afirmava que todos os protocolos estavam sendo respeitados. No entanto, imagens dos frequentadores mostravam as aglomerações entre os espectadores. Além disso, a esposa do cantor, Gracyanne Barbosa, subiu no palco para entregar um disco de ouro à Belo.

Assim após a divulgação de imagens de aglomeração, o prefeito Eduardo Paes decidiu descredenciar o Espaço Hall, onde Belo se apresentou, como ponto de vacinação.

“Determinei ao secretário de saúde que imediatamente interrompa a vacinação no Espaço Hall. Não é admissível que durante a semana faça de conta que salva vidas e no final de semana promova shows sem respeitar as regras estabelecidas pela prefeitura. As restrições diminuíram muito e não é difícil respeitá-las minimamente”, disse então o prefeito.

De acordo com um decreto do prefeito Eduardo Paes, publicado no Diário Oficial do município na sexta-feira (11), estendeu as medidas de distanciamento social até o dia 28 de junho.

Com isso, permanecem suspensos o funcionamento de bares, danceterias e salões de dança; além da realização de festas que necessitem e autorização transitória, em áreas públicas e particulares.

No decreto de 28 de maio, Paes flexibilizou algumas medidas de combate ao coronavírus. Uma delas foi a liberação das rodas de samba.

Outras medidas já em vigor

  • Nos bares e restaurantes, a distância entre mesas deve ser de 1,5 metro;
  • Não há mais limite de horário para música ao vivo em bares e restaurantes;
  • Ônibus fretados podem entrar na cidade.

E continua então a determinação para que não se formem filas nem aglomerações em:

  • shopping centers, centros comerciais e galerias de lojas;
  • museus e bibliotecas;
  • cinemas e teatros;
  • casas de festas;
  • salões de jogos;
  • circos;
  • áreas de recreação infantil e parques de diversões, temáticos e aquáticos;
  • atrações turísticas;
  • Aquário e jardim zoológico;
  • apresentações, drive-in, feiras, congressos e exposições.

Assim, esses locais devem então observar a lotação máxima, somente com público sentado, de 40% em locais fechados e 60% em locais abertos.

Prisão

Belo, foi preso pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), no dia 17 de fevereiro. Assim, ele teve a prisão preventiva decretada pela realização de um show na Favela Parque União, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, no sábado, 13 de fevereiro. O evento ocorreu apesar das proibições devido à pandemia de Covid-19.

Em nota, Belo e sua família afirmaram, na ocasião, estarem então surpresos com a prisão preventiva do cantor. No texto, ele pede desculpas pelo show, mas questiona a decisão da Justiça. “Ciente da gravidade da crise sanitária, Belo pede desculpas por ter se apresentado em uma aglomeração”, diz a nota.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente