Apresentador do SBT morre vítima de Covid, aos 49 anos

Stanley Gusman apresentava o Alterosa Alerta, na filial mineira da emissora
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Apresentador do SBT morre vítima de Covid, aos 49 anos
Apresentador do SBT morre vítima de Covid, aos 49 anos. Foto: Reprodução

Um dos grandes nomes da emissora, apresentador do SBT morre vítima de Covid. Stanley Gusman era o âncora do Alterosa Alerta, jornalístico diário na filial mineira do canal. Ele estava no Hospital Vila da Serra, em Nova Lima, na Grande Belo Horizonte.

Ele estava com a doença desde o final do ano. No entanto, na segunda-feira (4), precisou ir para a UTI, porque teve complicações no quadro de saúde. Neste domingo (10), faleceu, por causa de uma infecção secundária, decorrente da Covid.

A emissora confirmou a morte de seu jornalista e lamentou a perda. Representantes do Diários Associados também falaram a respeito.

“Minas perdeu um grande jornalista. Um representante das classes menos favorecidas que estava sempre aberto para tentar melhorar a vida de cada um. A TV Alterosa e todo nosso grupo estão entristecidos. Perdemos um grande companheiro, uma voz de extrema importância para a nossa comunicação”, afirmou o diretor-presidente dos Diários Associados, Álvaro Teixeira da Costa, ao Estado de Minas.

Ademais, o jornal mineiro ainda publicou a mensagem do diretor-geral da TV Alterosa, que falou sobre a causa da morte do jornalista.

“Perdemos um companheiro leal, amigo de todos da casa. A Covid cala uma voz eloquente. Stanley se junta aos trágicos números dessa pandemia, mas os ideais dele não serão esquecidos”, disse Geraldo Teixeira.

Além disso, Stanley deixa a mulher e um filho.

Leia mais

Escolas de samba oferecem quadras para vacinação
Funk ‘Bum bum tam tam’ vira hit da vacinação
Morre Genival Lacerda, vítima da Covid-19

BH em alerta

De fato, Stanley é mais uma vítima da pandemia que assola Belo Horizonte. Enfim, a capital mineira amanheceu nesta segunda-feira (11) com o comércio fechado. O prefeito da cidade mandou fechar todo o comércio que não é de fato essencial, sem data para retomar as atividades. Aliás, Alexandre Kalil anunciou que daria início ao Lockdown na quarta-feira (6). Então, preparou os comerciantes e a população para intensificar o isolamento.

Até agora, BH já sofreu com quase 2 mil mortes decorrentes do coronavírus. As últimas semanas foram críticas para a capital mineira, que tem aproximadamente 90% dos leitos de UTI ocupados. Dessa forma, com o sistema de saúde quase em colapso, o prefeito decidiu pela intensificação das medidas restritivas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente