As apresentações do Prêmio Multishow foram de cair o queixo. Assista!

Lulu Santos cantou direto do Morro da Urca; Luisa Sonza e Mc Zaac do Parque Ibirapuera
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
As apresentações do Prêmio Multishow
Foto: Gilberto Dutra

O 27º Prêmio Multishow ganhou um formato inédito. Afinal, contou com performances musicais espalhadas em cinco estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Ceará e Minas Gerais. A premiação musical revelou vencedores em 16 categorias, em cerimônia sob comando de Paulo GustavoIZA e Tata Werneck. Aqui, você confere como foram as apresentações dos artistas.

Antes do evento começar de fato, alguns artistas se apresentaram no pré-show. Foi o caso de Mc Rebecca e Jão. As grandes apresentações, por sua vez, ficaram reservadas a espaços espalhados pelo país e em grandes palcos.

Cada um no seu quadrado

Lulu Santos abriu a série de apresentações com um show em cima do Morro da Urca, no Rio de Janeiro. Para quem não conhece a Cidade Maravilhosa, o Morro da Urca é a primeira parada do Pão de Açúcar, um dos cartões postais da cidade.

Em seguida, foi a vez de Lexa. A sapequinha elevou a temperatura com uma performance de alguns de seus mais recentes hits: “Treme Tudo”, “Sussu”, “Quebrar seu Coração” e “Aquecimento da Lexa”.

Posteriormente, Luiza Sonza e Mc Zaac se apresentaram direto de São Paulo, no Parque do Ibirapuera, outro ponto turístico da cidade. Aliás, o músico também cantou no local no Pré-show. A Boa Menina se jogou num espelho d’água para cantar um mash-up de hits de sua carreira.

Dilsinho trouxe ao palco do prêmio os sucessos “Deixa pra Amanhã”, “Misturados”, “Onze e Pouquinho” e “Sogra”.

Leia mais

Confira os vencedores do Prêmio Multishow 2020
Anitta sai em defesa de MCs intimados pela polícia
Iza estreia no comando do Prêmio Multishow

Destaque social

Jota Quest e Skank subiram no palco direto de Brumadinho, no Instituto Inhotim. A cidade sofreu com uma devastação com dejetos da mineradora Vale.

Então, as bandas cantaram no local para destacar a importância da cidade, que é o maior museu a céu aberto do mundo. Além disso, é considerado um dos maiores acervos de arte contemporânea do Brasil.

Ademais, as bandas ainda fizeram uma homenagem aos Paralamas do Sucesso.

Isolamento social

Wesley Safadão foi a única atração direto do cenário em Fortaleza. Afinal, o cantor se apresentou na frente do Theatro José de Alencar, outro ponto turístico importante da capital cearense. Ele também reuniu alguns de seus maiores hits para o evento do Multishow.

Logo em seguida, IZA dividiu o palco com Elza Soares. No entanto, a cantora faz parte do grupo de risco da COVID-19. Por isso, a apresentação das duas foi de maneira remota. Elza no telão e IZA no palco principal. Esse ano, a cantora completa 90 anos.

“Elza Soares é um matrimônio do Brasil. Um país que produziu Elza Soares tem obrigação de ser um país melhor, para ser à altura dessa mulher!”, afirmou Paulo Gustavo.

Cartão postal

Em seguida, foi a vez de outro cenário de destaque, Os Arcos da Lapa, zona oeste do Rio de Janeiro, Teresa Cristina cantou O Bêbado e o Equilibrista. A canção se consagrou na voz de Elis Regina, mas é um hino da MPB.

O Multishow trabalhou muito mais que o Ministério do Turismo esse ano. Outro Cartão Postal entrou para a lista de cenários do Prêmio, porque Ivete Sangalo cantou direto do Castelo Garcia D’Ávila, em Mata de São João, na Bahia. Além do Castelo, que deu um show de iluminação à parte, Majur foi outra estrela que brilhou ao lado da cantora.

Posteriormente, IZA cantou debaixo de chuva para a plateia de 30 convidados do evento. A produção convidou funcionários de saúde que se recuperaram da COVID para assistir com exclusividade ao vivo à premiação.

Ludmilla foi a responsável por encerrar a noite, ao lado de Kevinho e Pedro Sampaio. Assim como Iza e Lexa, o trio se apresentou no palco principal do evento. Ela dividiu uma apresentação de cerca de dez minutos com os colegas de profissão.

Leia mais

Pabllo Vittar recebe prêmio de Melhor Artista Brasileiro na Europa
Kevin O Chris grava DVD inspirado em seriado
Claudia Leitte lança clipe com tecnologia 4D

Onda diferente

Conforme já dito por aqui, o conceito da edição é “A Música não Para” e visa representar toda a transformação que a indústria musical passou ao longo da pandemia.

“Nos últimos meses, o mundo parou e vimos a música mostrar ainda mais a sua força. O Prêmio vai celebrar a música e seus agentes, dando holofote a esse papel de responsabilidade cultural, ainda mais fundamental nesse momento”, contou Tatiana Costa, diretora do canal.

Então, o time de apresentadores ancorou o evento direto de um hub central, no Rio de Janeiro. Sendo assim, de lá, revelaram ao vivo os vencedores da noite e se conectaram com todos os palcos regionais.

Sobre o novo formato, Tatiana conta como foi criar a edição este ano“Por sermos uma marca que respira música, percebemos que tínhamos na mão uma missão importante: reformatar e ressignificar o evento. Será uma edição mais emocionante e reflexiva, mas ao mesmo tempo terá a nossa dosagem de bom humor, leveza e alto astral. Estaremos espalhados pelo Brasil, representando o grande protagonismo da música em 2020, sentenciou, antes do evento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente