Astro de ‘Esquadrão Suicida’ é acusado de estupro

Astro de 'Esquadrão Suicida' é acusado de estupro
Astro de ‘Esquadrão Suicida’ acusado de estupro

O ator Joel Kinnaman, astro de Esquadrão Suicida, está sendo investigado pela polícia da Suécia após ser acusado de estuprar uma mulher. De acordo com o TMZ, Kinnaman negou todas as acusações.

Por conta disso, Joel entrou com medida protetiva contra a modelo Gabriella Magnusson, conhecida pelo nome artístico Bella Davis. Segundo o ator contou nas redes sociais, ele teve um relacionamento com a artista e ela vem tentando extorqui-lo, além de acusá-lo de estupro.

Mais cedo, nesta manhã, eu preenchi uma ordem de restrição contra uma mulher que tem me ameaçado de violência física, assim como a minha família e a meus entes queridos, além de ter tentado extorquir meu dinheiro e outras coisas valiosas”, começou Joel.

“Embora seja mortificante e assustador falar sobre tudo isso, o que parece pior é suportar as crescentes ameaças diárias de danos físicos a mim e meus entes queridos e ameaças de ir para a imprensa com rumores falsos e maldosos. A menos que eu concorde com uma lista de demandas que incluem dinheiro, conexões em Hollywood, ajuda para garantir um visto de trabalho, a página verificada do Instagram, a página da Wikipedia, uma sessão de fotos com a Sports illustrated, um adicional de US$ 400 mil por um apartamento e muito mais.”, detalhou em post.

Astro de 'Esquadrão Suicida' é acusado de estupro

Solteiro

Joel afirma que, enquanto estava solteiro, em 2018, teve um relacionamento breve com a modelo. E que, em novembro daquele ano, se encontraram em Nova York e fizeram sexo consensual. Ele explica, ainda, que no mês seguinte, o mesmo repetiu-se. Mas que naquela noite ele não dormiu com ela e preferiu ir embora, já que teria que acordar cedo no outro dia, deixando Bella incomodada.

“Em 2019 e 2020, Bella voltou a me contatar, me convidando para um encontro e enviando conteúdo sexual explícito. Mas eu estava em um relacionamento, então não respondi. Por causa de sua procura persistente, eu achei que era melhor cortar relações com ela. Mas Bella continuou tentando falar comigo – enviando mensagens e ligando do celular de outras pessoas – e esses contatos se tornaram mais e mais antagonistas, ameaçadores e assustadores com o passar do tempo”, revelou.

Veja Também: Emma Stone avalia processar a Disney por Cruella

Ameaças

O ator aponta que após ignorar Bella, a modelo começou a ameaçá-lo postando informações falsas e o acusando de estupro: “Na esperança de resolver essa situação, no dia 25 de julho, eu tive uma longa conversa pelo telefone com Bella que ela sabia que estava sendo gravada. Nessa conversa gravada, Bella, mais de uma vez, reconheceu que o sexo foi consensual. Na mesma conversa, ela reiterou a ameaça de falar com a mídia a não ser que suas demandas fossem cumpridas. Em um momento, ela falou: ‘sabe quanto dinheiro eu conseguiria e o quão famosa eu seria se eu fosse à imprensa?'”.

Joel aponta que mesmo tentando resolver a situação, ela ainda o ameaçava de violência física, afirmando que o irmão dela cumpriria as agressões. O ator fez questão ainda de afirmar que apoia as vítimas de abuso sexual, mas que não é o caso: “Eu quero ser muito claro para que não haja mal entendidos: eu apoio todas as vítimas de abuso sexual. Isso não ocorreu aqui. Isso foi sexo consentido. E agora, isso é uma tentativa de extorsão”.

Astro de 'Esquadrão Suicida' é acusado de estupro

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente