Cantor de pagode morre aos 38 anos de Covid-19

Alex Lima era conhecido na Baixada Santista e sua morte comoveu muitas pessoas
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Cantor de pagode morre aos 38 anos de Covid-19

O cantor de pagode e samba Alex Lima morreu vítima do novo coronavírus aos 38 anos, em Praia Grande, no litoral paulista. O artista então era bastante conhecido na Baixada Santista e recebeu centenas de homenagens de outros cantores, amigos e familiares, que lamentaram o ocorrido.

De acordo com Maria Lenilda Fernandes de Lima, prima do cantor, o artista morreu após ficar internado mais de 20 dias por conta da Covid-19. Alex deixa esposa e três filhos, dois meninos e uma menina. O cantor tinha paixão pela música, e foi assim que ficou conhecido na área e fez muitos colegas na profissão.

Veja Também: Filha de Gugu revela “Tenho um porta-retratos, antes de dormir eu dou um beijo nele”

Além disso, Maria Lenilda ainda declarou ao G1 que o cantor estava saudável antes de contrair o Covid-19 “Ele era uma pessoa com muita saúde. Tanto que ainda é difícil de acreditar que ele morreu com essa doença. Cheguei a falar com ele dias antes de ele morrer, e ele disse que estavam passando os riscos. Perder ele assim, tão novo, é uma dor gigante. Estamos de coração partido”.

Ao propósito, devido ao reconhecimento que o cantor tinha, a morte dele comoveu centenas de pessoas que o acompanhavam. Nas redes sociais, diversos amigos e familiares fizeram postagens em homenagem à vítima.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente