Cantor morre com Covid-19 dois dias após perder a mulher grávida para a doença

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Cantor morre com Covid-19 dois dias após perder a mulher grávida para a doença

O cantor André Junio, de 34 anos, morreu com Covid-19, em Goiânia, na sexta-feira (19). Aliás, a esposa dele, que estava no 7º mês de gravidez e também estava com coronavírus, faleceu dois dias antes. Foi feita uma cesárea para tentar salvar o bebê, mas ele também não resistiu.

Assim, sem saber da morte da esposa, na quinta-feira (18), André foi entubado e evoluiu para estado de saúde gravíssimo. Ele morreu às 16h50 do dia seguinte.

Ao propósito, André, também conhecido como Juninho, foi vocalista da Banda Leave, que realizava shows em casamentos, pelos últimos seis anos. A administração do grupo informou que o casal foi internado junto no último dia 8 de fevereiro em um hospital particular da capital.

Cantor morre com Covid-19 dois dias após perder a mulher grávida para a doença

A banda então lamentou a perda do vocalista “Estamos sem chão! É com muito pesar que a BANDA LEAVE oficialmente comunica o falecimento do nosso vocalista, André Júnio (Juninho) em virtude da COVID. Nosso irmão. Estamos todos sem palavras diante de tal situação.”

Doí …machuca… Serão dias chorando e uma equipe totalmente desolada diante de uma situação tão delicada. Levaremos para sempre você em nossos corações, meu irmão… Não será fácil!!! Honraremos o nosso compromisso lá do início, de levarmos alegria por onde passarmos…A BANDA LEAVE agradece, em nome de todos os integrantes, durante os 6 anos que você esteve a frente do nosso trabalho” finaliza o comunicado.

Dessa forma, companheiros da banda também encabeçaram uma campanha para ajudar nos custos do sepultamento de André.

Veja Também: Cantor de pagode morre aos 38 anos de Covid-19

Morte esposa

Na quarta-feira (17), a esposa do cantor, a técnica em enfermagem Tammy Ferreira, de 33 anos, morreu também com Covid-19. Ela estava no 7º mês de gestação do bebê do casal, que se chamaria Joaquim, de acordo com publicações nas redes sociais do grupo musical de Juninho.

De acordo com a banda, os médicos fizeram uma cesárea para tentar salvar o bebê, mas ele também não resistiu. Assim, ambos foram sepultados no Maranhão, de onde é a família dela originalmente.

Aliás, Tammy era técnica em enfermagem e trabalhava no Hospital de Queimaduras da capital.

A unidade de saúde informou que a funcionária estava afastada do trabalho com pacientes e atuava na área administrativa do hospital justamente por a gravidez ser um fator de risco para a Covid-19. Também segundo eles, ela afastada do trabalho logo que foi diagnosticada com coronavírus.

Cantor morre com Covid-19 dois dias após perder a mulher grávida para a doença
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente