Cartunista Ota é encontrado morto

Cartunista Ota é encontrado morto
Cartunista Ota então encontrado morto

O cartunista Otacílio Costa d’Assunção Barros, o Ota, foi encontrado morto nesta sexta-feira (24) em seu apartamento na Rua Ernani Cotrim, na Tijuca, Zona Norte do Rio. Ele tinha 67 anos.

 Vizinhos estavam sem contato havia cinco dias com o cartunista. Acionou-se os bombeiros, chegando no local então encontraram o artista morto. Assim, a corporação confirmou que foi acionada e a porta precisou ser arrombada.

Ota era formado em jornalismo pela UFRJ. Em 1974 ele se tornou editor responsável pela revista humorística “Mad”, grande marco da sua carreira. O cartunista também atuou como editor da revista de terror “Spektro”, além de receber o prêmio de “Melhor Revista Independente no “Troféu HQ Mix”, com o lançamento da “Revista do Ota”. O jornalista também passou pelo “Jornal do Brasil” e pela “Folha Dirigida”.

Veja Também: Grávida, Andressa Urach anuncia fim do casamento então. assim. aliás. entretanto.

Para o quadrinista e roteirista Arnaldo Branco, é grande a importância de Ota no cenário brasileiro. “A importância dele é tremenda. Foi o primeiro contato de várias gerações com o humor gráfico, graças a seu trabalho na “Mad”, que era como um “Pasquim” pra adolescente. Fora seu trabalho como tradutor e editor de vários quadrinhos nacionais e estrangeiros. Ele influenciou muito o meu trabalho. Todo desenhista de traço, vamos dizer assim, econômico deve demais ao Ota. Ele me encorajava a ser direto, cru e infame.” disse assim ao O Globo.

Cartunista Ota é encontrado morto
Cartunista Ota então encontrado morto

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente