Danilo Gentili debocha após justiça negar pedido de Marcius Melhem

Danilo Gentili debocha após justiça negar pedido de Marcius Melhem

Após a justiça negar um pedido de censura feito por Marcius Melhem contra Danilo Gentili, o humorista debochou da situação. Assim, após Melhem ser acusado de assédio moral e sexual, Gentili publicou vários posts em suas redes sociais nos quais criticava e ironizava o ex-diretor.

Dessa forma, nesta terça-feira (26), Gentili debochou de Melhem ao publicar um ‘pedido formal e público de desculpas’. Assim, nas suas redes sociais, o humorista escreveu “Venho, por meio dessa, pedir perdão ao Sr. Marcius Melhem pois fui injusto com ele em determinada afirmação. Certa vez eu disse que eu não conseguia rir de nada que esse senhor fazia, porém dessa vez eu tô rindo muito”.

Veja Também: Os detalhes chocantes do assédio de Marcius Melhem à Dani Calabresa

Danilo Gentili debocha após justiça negar pedido de Marcius Melhem

Piadas

Ao propósito, Gentili fez diversas piadas após acusações de assédio moral e sexual por parte de Melhem se tornarem públicas:

“Em breve, Marcius Melhem estreará seu novo programa: Porra total”.

“Eu sempre achei que o Marcus Melhem forçava. Mas eu achava que era só no humor”

“Uma coisa não podemos negar. O Marcius Melhem foi um grande líder na Globo. Daqueles que não tem medo de botar o pau na mesa”.

Melhem solicitou, então, que a Justiça, por meio de uma liminar, obrigasse o humorista a apagar os posts, bem como se tornasse proibido de publicar conteúdos “ofensivos e depreciativos”, “sobretudo os que lhe atribuíssem fatos delituosos e criminosos”

Ele pediu que, ao final do processo, Gentili fosse condenado a pagar uma indenização de R$ 50 mil, além de publicar uma retratação.

A juíza Carolina de Figueiredo Nogueira, da 38ª Vara Cível de São Paulo, negou o pedido de censura. Em sua decisão, afirmou que “o direito à liberdade de expressão e de manifestação, assim como o direito à honra, devem coexistir harmoniosamente”.

Em outro processo, Melhem conseguiu que a Justiça mandasse o também humorista Rafinha Bastos apagar críticas feitas pela mesma razão. “A medida se justifica pelo conteúdo ofensivo que ultrapassa o mero exercício da livre expressão do pensamento”, afirmou a juíza Tonia Koroku.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente