Diogo Nogueira consola viúva em velório de Monarco da Portela

Foto Daniel Pinheiro/ Agnews

O corpo de Monarco, presidente de honra da Portela e símbolo do samba, foi velado desde o fim da manhã deste domingo (12), na quadra da Portela, em Oswaldo Cruz, Zona Norte do Rio. Diogo Nogueira esteve no local e consolou a viúva do Baluarte do samba, Dona Olinda. assim

Paulinho da Viola falou sobre Monarco com a imprensa “O Monarco é a história. Era a voz de um tempo também que não temos mais (…) Ele sempre esteve presente aqui, quando muitos não estão mais e outros não comparecem. Quando cheguei na Portela, no final de 1964, o samba mais cantado era ‘Portela – Passado de glória’, escrito por ele. Das várias composições, essa é uma das que mais me lembro” então

Outra portelense, Marisa Monte foi uma das primeiras a chegar, vestida com as cores da escola. “Era um grande exemplo também, de conduta, de altivez, resgatando essa tradição dos grandes bambas.” então

O prefeito Eduardo Paes chegou por volta das 12h15 e entrou por uma das laterais da quadra. O prefeito, assim como o sambista Zeca Pagodinho, já havia enviado uma coroa de flores para a quadra. assim

De acordo com o vice-presidente da Portela, Fábio Pavão, a agremiação está de luto e cancelou todas as atividades pelos próximos dias – inclusive o ensaio da próxima quarta-feira. A agremiação também deixará de participar de uma festa da Liesa na segunda-feira. assim

O velório foi aberto ao público. Às 11h, já havia fila de pessoas na porta da quadra. A Rua Clara Nunes, onde fica a quadra, foi interditada. então

O sambista morreu no sábado, aos 88 anos, vítima de complicações de uma cirurgia no intestino.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente