Sucesso na Internet, futebol no SBT patina em audiência

Futebol no SBT patina em audiência
Futebol no SBT patina em audiência. Foto: Reprodução/SBT

Esta quarta-feira (15) registrou um momento histórico da TV Brasileira. Enfim, o Grupo Silvio Santos adquiriu os direitos de transmissão de uma partida de futebol, após décadas de cobertura exclusiva da Globo. Para uma estreia, o resultado foi mais que satisfatório, apesar de os números prévios mostrarem o contrário. No final das contas, o futebol no SBT patina em audiência.

Exibido tanto na FlaTV, canal do Flamengo na Internet, quanto no SBT, a final da Taça Rio dominou oito dos dez assuntos mais comentados no Twitter ao longo de toda a noite. Os números prévios do Ibope, no entanto, mostram que no Rio de Janeiro o canal de Silvio Santos chegou a 33 pontos de audiência, alcançando média de 26.

Enquanto isso, a Globo marcou 31. No entanto, a história em São Paulo foi diferente. Por lá, a média do canal da família Abravanel foi de 11 pontos, atrás da reprise de Fina Estampa.

Em tempo: a emissora mostrou que está preparada para uma cobertura dinâmica do futebol, seguindo os padrões Globo. Sim, nas últimas décadas, quem criou um padrão para as transmissões do futebol foi a emissora carioca, e isso é inegável.

Os números prévios do Ibope marcam que o SBT só liderou a audiência no Rio de Janeiro mesmo. São Paulo e outras praças tiveram pouca mobilidade, apesar de o canal de Silvio Santos ter arrancado na frente da Record, que amargou mais uma vez a terceira posição.

Sendo assim, o Ibope registra números que vão contra os internautas. No entanto, vale destacar que a Internet representa 30% da cobertura nacional. Agora, fica a briga: SBT passou ou não a emissora carioca em audiência? Esses números serão suficientes para agradar os patrocinadores? Inicialmente, parece que sim. O engajamento virtual fala tanto quanto números do instituto de pesquisa.

Apesar disso…

O futebol no SBT patina em audiência na sua estreia, mas a previsão é de melhora, se a emissora realmente estiver interessada em fazer uma cobertura mais densa do esporte. A temporada 2020 pode até ser um termômetro, porém envolve tantas variáveis que é difícil medir. São vários ‘se’:

  • Se o Grupo Silvio Santos correr para montar uma boa estrutura.
  • Se a Câmara dos Deputados e o Senado Federal se posicionarem a favor da Medida Provisória do Futebol. E aqui vale destacar que, por certo, a Globo discute com parlamentares nos bastidores para derrubar a MP, que na prática tirou os direitos de transmissão de suas mãos.
  • Se as entidades que regulam o esporte nos estados decidirem voltar com os campeonatos esse ano e, ainda
  • Se, depois de todos esses fatores, os times resolverem vender os direitos de transmissão para o canal da Anhanguera.

Nesse caso, o SBT tem uma boa briga pela frente, mas com as costas largas. O Presidente da República se mostrou favorável à transmissão da partida de ontem pelo canal e até publicou uma foto enquanto assistia ao jogo do Flamengo.

Então, não será fácil, mas os executivos do canal também tem ferramentas para lutar essa batalha. E, no futuro, exibir o futebol pode elevar a emissora a outro andar na disputa pela audiência.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente