Ex-ator mirim de Hollywood retoma à carreia após assaltar banco

O ex-ator mirim estrela de "O voo do navegador", Joey Cramer passou por um período difícil e agora retoma a carreira
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Ex-ator mirim de Hollywood retoma à carreia após assaltar banco

Em 1986, o ex-ator mirim estrela de “O voo do navegador”, Joey Cramer fez uma pausa na atuação “para voltar a ser uma criança normal”. Agora, 34 anos depois, esse hiato está terminando. Joey passou por um período ruim onde ficou sem-teto e desesperadamente viciado em drogas pesadas. Além disso em 2016, usando um disfarce, ele assaltou um banco, fugindo com um maço de dinheiro. Joey foi preso três dias depois.

Agora, depois de ficar limpo na prisão, o ator de 47 anos está finalmente relançando a carreira de ator que colocou no gelo há três décadas.

Veja Também: Ex-participante do Junior Masterchef morre aos 14 anos de idade

Joe, filho único de uma mãe solteira, começou a atuar ainda jovem, aparecendo em peças e comerciais de TV. Aliás, em meados dos anos 80, ele estrelou os filmes Runaway – Fora de Controle, I-Man – O Homem Indestrutível e Ayla, a Filha das Cavernas, antes de O Voo do Navegador torná-lo uma das jovens estrelas de Hollywood.

Joe interpretou David, que foi abduzido por uma nave alienígena e retornou à Terra oito anos depois (Imagem: Distribuição de Buena Vista)

Sobrecarregado

Em entrevista ao Daily Star, Joey falou sobre a carreira “Comecei a atuar por diversão – adorei e isso veio naturalmente para mim. Mas eu fiquei muito solitário. No Navegador não havia muitas outras crianças no filme, então, na maioria das vezes, era só eu fazendo o trabalho.”

Só depois do filme, quando Joe voltou para casa e as ofertas começaram a chegar, ele se sentiu “sobrecarregado”. Ele então fez mais um filme, Stone Fox, antes de fazer uma “pausa”.

“Eu só queria ser uma criança normal de novo, me divertir, andar de skate e tudo mais”, disse ele.

Ex-ator mirim de Hollywood retoma à carreia após assaltar banco

Drogas

O ator buscou consolo nas drogas “Fui provocado porque era o ‘garoto estrela do cinema’, então me encaixei onde podia – e é fácil me encaixar com os desajustados que fumam e bebem e fumam maconha, então foi para isso que eu me concentrei. Comecei na cocaína muito jovem – 14 ou 15 anos.”

Aos 18 anos, Joe havia aprendido como transformar cocaína em crack e estava fumando. A reabilitação era necessária. Ele disse: “Eu olho para trás e penso, ‘O que você estava pensando?’, Mas quando criança simplesmente não imaginava que tomar essas drogas pesadas era muito pior do que fumar maconha e beber. Quando percebi, já era tarde demais. Eu estava perdido”

Aos 20 anos, Joe se mudou para o México por quatro meses. Ele largou as drogas e ficou limpo por 10 anos, fazendo trabalhos diferentes. Mas ele logo caiu nas drogas novamente “Então, de repente, eu estava usando drogas para me sentir entorpecido – é aí que as coisas ficam realmente perigosas.

Ex-ator mirim de Hollywood retoma à carreia após assaltar banco

Volta às drogas

Ele teve uma passagem pela reabilitação em 2005, depois uma primeira prisão em 2007, por posse de drogas para fins de tráfico. Em 2011, a namorada de Joe o apresentou à heroína. As coisas pioraram rapidamente.

Ele disse: “Antes que eu soubesse, eu estava louco. Eu nem gostava – estava apenas fazendo isso para me entorpecer”

O nascimento da filha de Joe em 2014 foi o ímpeto de que ele precisava para ficar limpo, mas estar em um “relacionamento ruim e abusivo” tornou isso difícil. Quando soube que sua filha seria adotada, ele se autodestruiu.

Achei que não tinha recurso”, disse ele. “Então eu realmente saí dos trilhos.”

Sem-teto

Em 2016, Joe estava morando nas ruas e roubando em lojas para se alimentar. O suicídio era “um pensamento recorrente”. Desesperado para ser jogado no Centro Correcional de Nanaimo, onde poderia obter tratamento de longo prazo, ele decidiu assaltar um banco.

Optando por um método “não violento”, em 28 de abril de 2016, Joe colocou uma peruca, bandana e óculos escuros, entrou no Scotiabank em Sechelt, British Columbia, e entregou um bilhete ao caixa. Foi um assalto. Ele se declarou culpado e foi preso.

Ele disse: “Eu estava em um lugar muito ruim e sabia sobre esta comunidade terapêutica, Guthrie House, dentro da prisão. Foi um grande alívio quando fui preso.”

Em prisão preventiva por seis meses, Joe passou a usar metadona para se livrar da heroína. Ele meditava, fazia ioga, jogava xadrez e fazia desenhos para a filha.

Após 11 meses, ele foi liberado para um programa fora da prisão. O melhor de tudo é que ele se reconectou com a filha.

“Estamos nos unindo um pouco”, disse ele. “Temos uma dinâmica familiar realmente incrível, onde ela sabe que tem dois pais e que está tudo bem e todos estão bem com isso”.

Fama

Embora Joe se recuse a culpar sua fama de infância por suas lutas, ele está ciente de seu impacto. Ele disse: “Senti muita falta da minha infância. De oito a 14 anos, eu estava atuando. Esses são anos fundamentais para se tornar um adulto – aprender como se relacionar. No filme, tudo é imaginário.

“Eu sei que fiz coisas ruins, mas não sou uma pessoa má. Eu me arrependo, mas sei que não posso mudar as coisas no passado, então tudo que posso fazer é tentar melhorar a partir de hoje e compartilhar minhas experiências na esperança de que isso possa ajudar alguém a superar algo.

Agora, Joe está totalmente focado no presente, seu futuro e atuação novamente. Além de fazer um trabalho voluntário de apoio, ele está tendo aulas de atuação e trabalhando nos bastidores do cinema e da TV.

Ele disse: “Atuar é algo que sempre amei e sempre me perguntei se era algo que eu poderia fazer novamente. “Só vou fazer porque adoro, não com nenhum objetivo em mente, porque você segue seu coração e o sucesso segue.”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente