Ex BBB desabafa após ser maltratada em loja por usar chinelos de dedo “Fui julgada pela aparência”

Isabella Cecchi - Fotos Leo Franco/ Agnews
Isabella Cecchi – Fotos Leo Franco/ Agnews

A ex BBB Isabella Cecchi foi maltratada em uma loja de São Paulo, na tarde desta quinta-feira, 02, por usar chinelos de dedo. A influencer acabou de se mudar para um apartamento no bairro dos Jardins, na capital paulista, e saiu de casa usando uma calça jeans e calçando chibelos “Eu precisei sair para comprar coisas pra minha casa. Eu coloquei minha máscara e sai super simples, entrei em uma loja meio chique, que pra você comprar precisa gastar muito.”

“Eu passei pela vitrine e uma coisa me interessou, eu entrei para peguntar o preço. A vendedora nem olhou pra mim, o que eu percebi foi que ela olhou primeiro pro meu pé. Eu perguntei se tinha uma numeração e ela só falou que tinha que verificar. Nem fez caso, se eu tivesse toda imperequetada mas sem dinheiro seria outro atendimento. Mas eu estava super simples, de havaianas, bem normal. Incrível como as pessoas julgam pela aparência.” desabafou.

Isabella contou ainda que antes de entrar na loja foi alertada sobre a capacidade do local durante a pandemia do novo coronavírus “Ela não me deu nem bom dia, eu comecei a me sentir mal. Primeiro pra entrar na loja talvez a capacidade não desse, mas não tinha ninguém na loja. Fui super julgada pela aparência e acredito que muita gente passa por isso” finalizou.

Veja Também: Para Hariany, Isabella Cecchi conta ter beijado amigo de Neymar. Vem saber quem!

Depois de ir na loja, Isabella foi flagrada por um paparazzo. A ex BBB mostrou que não tem frescura, é realmente é gente como a gente: estava de bicicleta saindo de um mercado. e ainda levava uma amiga na garupa da bike carregando as compras.

Isabella retomou o curso de medicina que havia trancado quando entrou para o Big Brother Brasil 19. Em entrevista ao Gshow, Isabella contou que a pandemia foi um dos motivos que a fizeram retomar os estudos. “Mesmo nesse momento difícil, parei para ver o que queria para mim. E ser médica sempre foi um sonho, isso era uma coisa muito clara na minha cabeça. Aí decidi voltar, principalmente, vendo tudo o que o mundo está vivendo. Isso me encorajou e inspirou ainda mais a retomar o meu curso e fazer o bem ao próximo. Poder ajudar as pessoas é o que, de fato, me move”.

Justamente por conta do vírus, ela ainda não teve nenhuma aula presencial desde que voltou a estudar, no meio de maio. “Estou tendo apenas aulas online, não conheço meus colegas de turma. Tudo é pela plataforma digital: videoaulas, provas e todas avaliações. E está dando certo, estou conseguindo assimilar certinho os conteúdos e é o que a gente tem para o momento. Não tive nenhum contato direto com professores, alunos ou a instituição”, contou.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente