Ex cantora do Timbalada é alvo de busca e apreensão em operação da PF

Ex cantora do Timbalada é alvo de busca e apreensão
Assim, ex-cantora do Timbalada é alvo de busca e apreensão. Foto Reprodução Instagram.

Na segunda-feira (14), Amanda Santiago, ex-cantora do Timbalada, enfim, foi um dos 35 alvos de mandados de busca e apreensão da nova etapa da operação Faroeste. Assim, deflagrou-se uma ação pela Polícia Federal contra um suposto esquema criminoso de venda de decisões judiciais.

Aliás, Amanda é filha da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A propósito, quem está presa desde novembro do ano passado. Afinal, também foi alvo de um desdobramento da Operação Faroeste.

Ex cantora do Timbalada é alvo de busca e apreensão
Mãe de Amanda, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, com o filho da cantora. Reprodução Instagram.

Movimentação Financeira

As investigações, então, apontaram que Amanda Santiago apresentou movimentação financeira de mais de R$ 8 milhões no período que as autoridades investigaram. Apesar disso, ela declarou apenas R$ 1mil em renda neste mesmo tempo.

Aliás, a análise da movimentação bancária da artista também apontou transferências “vultuosas”, as quais variavam entre R$ 25 mil e R$ 80 mil. Por sinal, todas com destino à conta da Desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago. Sendo assim, tentariam legitimar o fluxo criminoso entre elas.

Assim, um dos advogados citou a artista em sua delação premiada. O delator em questão também está sob investigação de negociar compras de sentenças ao Ministério Público Federal (MPF).

Veja Também: Cantora é presa acusada de atirar em homem.

Participante do The Circle Brasil fica presa nas Maldivas por conta do coronavírus

Filha de Belchior é presa por latrocínio no interior de SP

Negócios não param! André Marques deixa empresa com máscara e luvas por causa da COVID

Ex cantora do Timbalada é alvo de busca e apreensão
Assim, Ex cantora do Timbalada é alvo de busca e apreensão. Foto Reprodução Instagram.

De acordo com o STJ, Amanda Santiago teria realizado operações financeiras com Adailton Maturino e a esposa dele, Geciane Maturino. Este, então acusado de ser chefe do esquema de venda de sentenças em processos sobre posse de terras no oeste da Bahia. Aliás, os valores das propinas podem chegar a R$ 1milhão. No entanto, eles faziam saques de R$ 500mil, com o intuito de dificultar a vinculação criminosa.

Veja Também: Filha de Belo é solta após quase um mês presa.

Irmã de Ellen Rocche fica presa nas Maldivas devido a pandemia.

Bailarina do Faustão é presa após festa em SC.

Mônica Iozzi revela que irmã está com Covid 19 e critica empresa que não liberou quarentena “Egoísmo”.

Texto

Por fim, Amanda reproduziu um texto escrito por sua irmã caçula, Luciana Santiago, que foi publicado no Estadão em julho deste ano.

“Obrigada Deus, confiamos na justiça divina. CARTA ABERTA À JUSTIÇA BRASILEIRA – LEIAM COM ATENÇÃO, POR FAVOR! Ajude-me a garantir a VIDA da minha MÃE Maria Do Socorro Barreto Santiago, ajude-me a continuar acreditando na justiça. (Foto: 1 das pinturas de minha amada mãe durante esses 7 meses dentro de uma salinha minúscula, incomunicável por conta da pandemia, infinita dor pra toda família, carta escrita por minha irmã caçula, Luth). O QUE VC FARIA SE FOSSE COM A SUA MÃE?”, escreveu a artista na legenda.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente