Ex-vocalista da banda Calcinha Preta é morto dentro de casa

Ex-vocalista da banda Calcinha Preta então é morto dentro de casa

O ex-cantor da Calcinha Preta, José Aparecido da Silva, de 57 anos, conhecido como Sidney Chuchu, foi morto dentro da própria casa com golpes de faca, na quinta-feira (4), em Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju.

À polícia, vizinhos relataram que, na manhã do mesmo dia, foi possível ouvir gritos no interior do imóvel. A autoria e a motivação, ainda desconhecidas, serão investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ao propósito, Sidney era cantor e, atualmente, se apresentava em bares da Grande Aracaju. Ele foi o primeiro cantor da banda de forró sergipana, Calcinha Preta, nacionalmente conhecida. Sidney esteve na primeira formação da banda, de 1995 a 1998. Ele cantou ao lado de Luciana Linhares, inclusive emplacando o grande sucesso “Onde o sonho mora”.

Calcinha Preta é uma banda de forró eletrônico, formada em 8 de dezembro de 1995 na cidade de Aracaju, pelo empresário e produtor musical Gilton Andrade. Atualmente, tem como vocalistas: Daniel Diau, Silvânia Aquino, Paulinha Abelha e Bell Oliver.

Assim, a banda ficou conhecida pelo seu característico forró romântico, pelos shows super produzidos, figurinos arrojados e pelas inúmeras formações que teve ao longo de sua história.

Grande parte dos sucessos do grupo são então versões de clássicos de rock e pop internacional. O romantismo ainda prevalece, sendo a maioria das letras sobre amor e relacionamentos. Aliás, uma das marcas da banda é o uso largo da guitarra solo nas músicas. Sendo assim uma das primeiras bandas de forró eletrônico a colocar esse instrumento como elemento principal, ao invés da sanfona.

Veja Também: Após festa de Deolane, esposa de Ferrugem faz cirurgia às pressas

Ex-vocalista da banda Calcinha Preta então morto dentro de casa

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente