Felipe Titto é detido após tentar salvar animal abandonado

Felipe Titto é detido após tentar salvar animal abandonado
Felipe Titto é detido após tentar salvar animal abandonado. Foto: Reprodução/Instagram

Enquanto voltava do Rio Grande do Sul, numa viagem de negócios, Felipe Titto foi detido e precisou prestar depoimento numa delegacia por desacato a autoridade. Isso, porque tentou salvar um cachorro abandonado. Ele viu que um carro abandonara o pet na beira de uma rodovia e, então, saiu em disparada atrás do veículo. Então, no Instagram, deu mais detalhes do ocorrido.

“Sexta eu estava no Rio Grande do Sul e voltando da visita e, chegando em Canela, eu vi um carro arrancando do acostamento abandonando um cachorrinho, um vira-lata. E o cachorrinho saiu em disparada. Só tinha nós dois na rodovia e o cachorro disparado, muito rápido, desesperado atrás desse carro. Vi esta cena, fui atrás do carro. Tendo feito isso, emparelho com o carro, ele fechou o vidro e foi embora. Afinal, é crime abandonar um animal. Ele está f*****”, lembrou.

Em seguida, o apresentador destacou que a abordagem do motorista do carro, um policial, foi de abuso de poder. Contudo, a situação mudou de figura na história que parou nas redes sociais. Apesar de ser um defensor das polícias, o ator destaca que o homem não tomou uma atitude profissional, tampouco justa.

“Nisso, me sai um policial da brigada mandando eu falar baixo. Quem me conhece sabe que eu defendo a polícia, mas todo saco de laranja tem uma laranja podre e dei de frente com elas. Segui esse cara, porque ele abandonou um cachorro. Não foi perseguição de filme, eu fui atrás do cara”, declarou.

Leia mais

Felipe Titto mergulha no gelo após treino. Entenda a técnica!
Titto se prepara para prova de moto velocidade
Felipe Titto ostenta carro de 1,5 milhão

Sem polêmica

Então, reforçou ainda que não gostaria de começar uma polêmica com relação a isso, porque é algo que evita em sua carreira e vida pessoal. Contudo, o tema acabou ganhando uma proporção maior que a esperada. Sendo assim, Titto lembrou como foi receber ‘voz de prisão’.

“Olhei pro meu sócio: ‘dá meu celular aí’, porque eu ia ligar pra advogado. E o cara olhou: ‘me senti coagido! Agora você me desacatou! Você está preso!’. Dei o braço pra ele, me algemou por cima do meu relógio e me jogou dentro da viatura. Me levou pra fazer corpo de delito, depois me levou pra delegacia, dei meu depoimento, ele me soltou”, continuou.

Por fim, Titto ainda deixou uma reflexão na rede social. O apresentador questionou como esse tipo de policial, a exemplo do que o abordou, deve se comportar diante de um adolescente, preto e pobre e lamentou o sofrimento de homens e mulheres de periferia nas mãos de policiais irresponsáveis.

“Agora fico pensando em preto, pobre, favelado, sem instrução nenhuma. O que esses caras não passam nas mãos dessas laranjas podres da corporação? É bom pra gente abrir o nosso olho”, alertou.

Irritado, Felipe ainda divulgou imagens que seu sócio gravou do bolso do celular durante a abordagem. Ele relatou que não teve qualquer tipo de atitude agressiva com o policial, que justificaria a detenção. Por isso, resolveu provar.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente