Funcionário de Cid Moreira confirma violência

Funcionário de Cid Moreira confirma violência
Funcionário de Cid Moreira confirma violência. Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira, chegou à internet provas em que funcionário de Cid Moreira confirma violência contra o âncora. O site notícias da tv publicou detalhes que, de acordo com os filhos do âncora, servem para comprovar que o pai sofre maus-tratos da madrasta. Além disso, também confirmam sua tese, de que ela se apropriou dos bens do marido. O caso veio à tona em julho, durante entrevista à RecordTV.

O funcionário em questão é um caseiro que trabalhou na casa de Cid por 26 anos. Ainda assim, a esposa do jornalista o demitiu sem justa causa em 2017. Ele, contudo, não recebeu seus direitos por completo. Apesar disso, por consideração ao patrão, não procurou a justiça trabalhista. Fátima, cônjuge do jornalista, teria pago uma quantia ao funcionário, ainda assim, não o suficiente por todo o serviço prestado.

Agora a mulher se tornou alvo de investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro. Sendo assim, os filhos de Cid pedem a prisão preventiva de Fátima por supostamente manter o pai em cárcere privado. O advogado deles enviou ao Tribunal de Justiça a existência das conversas que o notícias da tv apresentou.

Leia mais

Lojistas querem anular novo endereço em homenagem a Paulo Gustavo
Policia conclui laudo sobre morte de McKevin
Roger, do Ultraje a Rigor, vai pagar R$100 mil a artista

Maus-tratos

De acordo com o relato publicado pelo site, infelizmente Cid já sofria maus-tratos quando o funcionário trabalhava na casa. De acordo com ele, o jornalista ficava literalmente preso em sua casa de Petrópolis, enquanto a esposa saía sem dar qualquer aviso.

O coitado ficava igual um bicho preso na jaula, porque ali [na casa] tem que botar aquelas grades. Senão, entra bicho toda hora dentro de casa. (…) Ela sumia, só chegava à noite. Dizia que ia ao salão, que estava fazendo esse negócio de ginástica!”, relata.

Além disso, Cid também não tinha uma alimentação adequada, reportou o site. O relato do caseiro afirma que o jornalista só recebia pizza requentada como alimentação durante vários dias seguidos.

“A comida sai da geladeira, esquenta, vai para a mesa, passa duas horas na mesa, depois volta para a geladeira. [Era] 15 dias fazendo isso. Era pizza todo dia. E daquelas pizzas horríveis”, lembra o texto.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente