Gil do Vigor é vítima de homofobia após dancinha no Sport. Ouça áudio!

Gil do Vigor é vítima de homofobia após dancinha no Sport.

Gil do Vigor é vítima de homofobia após dançar o ‘Tchaki Tchaki’ no campo do Sport em Recife. Aliás, o ex BBB recebeu uma homenagem do clube e deu uma entrevista no local onde dançou com uma repórter. Logo após, um áudio está causando polêmica entre os membros do Conselho Deliberativo do Sport.

Assim, o deputado estadual Romero Albuquerque (PP), enviou a gravação para a imprensa e solicitou a expulsão do conselheiro Flávio Koury do quadro de conselheiros. O áudio então viralizou na web e gerou muita confusão.

“1,2 milhões de visualizações. Arretado! 1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem bicha. Vai vender é camisa. A viadagem todinha vai comprar… Vai ser lindo! ”,disse o advogado Flávio Koury, conselheiro do Sport Club do Recife.

Em outra parte do áudio, ele critica também o PT. “Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele ou no bordel, eu não estava nem aí. Foi dentro da ilha do retiro, né rapaz? Isso é uma desmoralização! Isso é ausência de vergonha na cara. É isso que estamos vivendo. Não tem mais respeito por pai e filho. É a depravação. Isso é o retrato do que o PT deixou pra gente. É exatamente isso.”.

Dessa forma, Gil usou suas redes sociais para declarar sua indignação “Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO!”

O economista então declarou que está tomando medidas cabíveis. “Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo…… É muita dor!”

Veja Também: Contratado da Globo, Gil não vai abandonar doutorado

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente