Giovanna Antonelli revela que odiava dançar em O Clone

Atriz afirma que aceitou o papel por ser a oportunidade de sua vida
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Giovanna Antonelli revela que odiava dançar em O Clone
Giovanna Antonelli revela que odiava dançar em O Clone. Foto: Reprodução

A reprise de O Clone acabou na última sexta-feira (21), no Canal Viva, do grupo Globo. No entanto, a repercussão da novela exibida em 2001 continua. Na madrugada desta quarta-feira (26), durante entrevista a Pedro Bial, Giovanna Antonelli revela que odeia dançar. Apesar disso, enfrentou o ranço para viver Jade, protagonista da trama de Glória Perez.

Durante a conversa com Pedro Bial, a atriz afirmou que precisou passar dias ensaiando mais de 10 horas seguidas para conseguir executar a Dança do Ventre. Na época, o estilo virou sensação em todo o país e várias escolas se espalharam pelo Brasil para ensinar a dança. Contudo, não podemos dizer que a atriz curtiu a experiência. Ela viralizou antes mesmo de o Instagram existir. Naquela época, a maior rede social era o ICQ e nem tinha esse nome.

“Eu odeio dançar, tenho pavor. Se quer me deixar louca é fazer eu dançar. Eu fico nervosa, suo no sovaco, (mas) era a maior oportunidade de sua vida”, lembrou a atriz durante o programa.

Foram semanas de ensaio e uma determinação que deixou marcas no resto da carreira da artista. De acordo com Giovanna, ela passou a ser uma pessoa mais perfeccionista desde então. Afinal, gravava seus próprios ensaios para corrigir os erros e continuar melhorando.

“Eu falava para mim mesma: ‘(Eu não paro) enquanto eu não dançar essa dança do ventre igual, ou melhor, do que a minha professora”, lembra. Em seguida, a artista revela o método inusitado: “Gravava o ensaio em uma fita cassete e depois ficava assistindo para corrigir os erros”.

Sucesso

Definitivamente Jade foi um dos maiores sucessos da carreira da atriz, se não o maior. O Clone foi exportada para mais de 100 países e é uma das tramas mais vendidas no mundo. Inclusive, ganhou até um remake nos Estados Unidos em 2010, produzido pela TeleMondo.

Além disso, colocou Giovanna Antonelli no centro da atuação no Brasil. A atriz concorreu a dezenas de prêmios com a personagem, que vivia um triângulo (ou quadrado?) amoroso com os personagens de Murilo Benício (Diogo e Lucas) e o de Dalton Vigh (Said).

A trama também escancarou a cultura árabe aos brasileiros. Apesar de termos uma grande comunidade que vive por aqui, não estamos tão familiarizados com seus costumes. Pelo menos, não estávamos até 2001. A história de Glória Perez deu um jeito nisso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente