Gracyanne Barbosa comeu 8 mil ovos na quarentena. Saiba os riscos e benefícios de ingerir o alimento

De acordo com o Dr. Sandro Ferraz, a ingestão demasiada de ovos pode sobrecarregar os rins
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Gracyanne Barbosa comeu 8 mil ovos na quarentena; saiba os riscos e benefícios de ingerir o alimento
Gracyanne Barbosa comeu 8 mil ovos na quarentena; saiba os riscos e benefícios de ingerir o alimento.

Gracyanne Barbosa revelou recentemente que comeu oito mil ovos durante a quarentena. A modelo fitness, portanto, tem o alimento como base de sua dieta. O ovo é muito consumido pelos que buscam a hipertrofia como resultado na academia. Além disso é uma rica fonte de proteína que é um nutriente primordial para construção de massa muscular.

Entretanto, o nutrólogo Dr. Sandro Ferraz aponta que deve haver cautela no consumo. Assim como qualquer outro alimento. Apesar do auxílio que os nutrientes presentes no ovo trazem ao ganho de massa magra.

“Quando eles colocam oito mil ovos, na maioria das vezes a maior parte do que ela ingere é clara e não gema. Que é a parte gordurosa do ovo. Provavelmente, essa é a principal fonte de proteína da dieta dela”, aponta.

Gracyanne Barbosa comeu 8 mil ovos na quarentena; saiba os riscos e benefícios de ingerir o alimento
Dr. Sandro Ferraz – Foto Divulgação / MF Press Global.
Excesso de proteína

Apesar de estar presente em outros alimentos, a fácil digestibilidade e absorção da proteína do ovo, culminaram para sua popularidade. Além da acessibilidade do ponto de vista econômico.

Veja Também: Gracyanne Barbosa impressiona com flexibilidade durante alongamentos.

“Todo excesso de proteína gera uma sobrecarga renal. Ou seja, esse nutriente tem que ser calculado entre 1,5 a 2,5 gramas de peso. Isso de acordo com a dieta de cada pessoa. Mas ingerir em grandes quantidades pode sim, causar riscos”, aponta. 

Histórico de doenças renais

Em caso de pessoas com histórico de doenças renais na família, portanto, deve-se redobrar a atenção. O órgão elimina a proteína não usada pelo corpo. Isso sobrecarrega suas funções.

Entretanto, entre os sintomas dessa sobrecarga estão pedra nos rins e problemas no fígado. Além do aumento de peso e osteoporose. Já que o nutriente em excesso ocasiona no aumento da excreção de cálcio. 

Foto Divulgação / MF Press Global.

Pessoas não atletas não precisam consumir essa grande quantidade de clara de ovo por dia. Mas caso haja um objetivo e seja necessário aumentar a ingestão, deve-se procurar um profissional da nutrição. Afim de evitar efeitos colaterais, ele fará um cálculo de proteína de maneira adequada, recomenda Dr. Sandro Ferraz. 

Benefícios dos ovos no organismo

Auxilia na saúde ocular. Rico em substâncias como luteína e a zeaxantina, antioxidantes que ficam na retina. A ingestão do ovo pode prevenir doenças oculares e degeneração macular.

Promove saciedade. Quem buscam por um processo de emagrecimento, portanto, pode se beneficiar com a ingestão de ovos. Aliás, os nutrientes presentes no alimento contribuem para a saciedade. Por consequência, fazem com que a pessoa diminua a quantidade de calorias ingeridas. 

Faz bem ao cérebro. De acordo com um estudo da The American Journal of Clinical Nutrition, devido a presença de vitamina B8, o ovo pode melhorar o desempenho do cérebro. E, até mesmo diminui o risco de demências.

Aumento de massa magra. O ovo proporciona ao organismo aminoácidos essenciais. Estes não produzidos pelo corpo, auxiliando no reparo e estruturação das fibras musculares.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente