Grupo mexicano RBD anuncia retorno para live e gera polêmica

Encontro não contará com a participação de dois integrantes
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
RBD anuncia retorno em live polêmica
RBD anuncia retorno em live polêmica. Foto: Divulgação

Como esperado na tarde desta quarta-feira (30), a página oficial do grupo mexicano RBD anuncia retorno do grupo para uma live. Contudo, a notícia que deveria agradar os fãs causou polêmica. O show nas redes sociais terá ingressos a venda a partir do domingo (4). A produção ainda não divulgou os preços, mas especula-se que entre 20 e 30 dólares (algo que pode chegar a R$180).

Obviamente, os admiradores não gostaram nada da notícia. Apesar de outros aceitarem a ideia, a rejeição foi total. Além disso, a ausência de Dulce Maria, uma das integrantes do RBD, também causou polêmica. Grávida, ela estará prestes a dar à luz no dia do show. Por sinal, este acontecerá em 26 de dezembro, às 20h (horário de Brasília).

Os fãs já esperavam pelo anúncio de um encontro virtual da banda, mas não por notícias ruins de tabela. Além disso, Poncho Herrera também não fará parte do reencontro. Ainda assim, essa não foi uma novidade. Afinal, a falta de contato do ator com os colegas deixou claro seu desinteresse por um revival dos anos 2000. Dedicado a sua carreira de ator, ele evita falar da história na música.

Sendo assim, a Live do RBD contará com a presença de Maite Perroni, Anahi, Christian Chávez e Christopher von Uckermann. Além de apresentar músicas do grupo, é possível que os artistas cantem algumas produções de suas carreiras solo.

Nas redes

O RBD fez sucesso numa era em que a Internet funcionava de uma forma bastante diferente. Por exemplo, não existiam aplicativos de música e as plataformas de vídeo (como o Youtube) eram bem limitadas. Afinal, a rede do Google só aceitava vídeos com até dez minutos de duração.

Então, doze anos após a separação, a Universal (atual gravadora da banda) disponibilizou a versão virtual da discografia dos mexicanos. Em meados dos anos 2000, ainda ouvia-se música através de CDs e DVDs. Hoje, no entanto, os objetos servem apenas para decoração. Tudo está na rede.

Há cerca de dois meses os fãs comemoraram a chegada de nove álbuns em estúdio em aplicativos como iTunes e Spotify. A expectativa agora é que os vídeos oficiais e shows gravados também cheguem às plataformas de vídeo. Na Internet, os perfis da banda não medem esforços para agradar os seguidores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente