Henrique Fogaça passa mal durante gravações do MasterChef e é hospitalizado

Henrique Fogaça passa mal durante gravações do MasterChef e é hospitalizado
Henrique Fogaça então passa mal durante gravações do MasterChef e é hospitalizado

O Chef Henrique Fogaça passou mal nesta sexta-feira (30) durante as gravações do MasterChef nas Band. O cozinheiro sofreu uma queda e foi encaminhado para o Hospital Albert Einstein onde segue realizando exames. As gravações do reality culinário estão canceladas nesta sexta-feira.

Assim, procurada pelo Famosando, a Band confirmou as informações “O chef Henrique Fogaça sofreu uma queda durante as gravações do MasterChef Brasil nesta sexta-feira. O jurado teve um corte superficial na cabeça e foi prontamente atendido pela equipe médica da Band. Ele está bem e foi encaminhado para o Hospital Albert Einstein, onde passa por exames de praxe. As gravações desta sexta-feira foram canceladas”.

Henrique Fogaça passa mal durante gravações do MasterChef e é hospitalizado
Henrique Fogaça então passa mal durante gravações do MasterChef e é hospitalizado

Masterchef

Inspirada no trabalho voluntário de Felipe Titto, Prova do Masterchef distribui marmitas em SP. A ideia é ‘abraçar’ pessoas em situação de rua, como afirma o convidado do programa. A atração foi ao ar na terça-feira (27) e emocionou os participantes.

“Eu vejo os pratos que vocês fazem, com essas coisas todas elaboradas. Eu sei que vocês vão ter o mesmo apreço e carinho para fazer isso aqui, mas é um outro volume. A responsa é grande. É um abraço. Esse prato é quase um abraço!”, lembra o apresentador.

Em resposta a uma pergunta de Ana Paula Padrão, Titto então disse que normalmente os moradores tem outras necessidades além da comida. Contudo, destaca que a carência é algo bastante importante.

“Todo mundo tem outras necessidades. Claro que a comida é importante, porque saco vazio não para em pé. Mas, todo mundo tem outras necessidades. Então, tem gente que precisa de cobertor, toca, meia – esse tipo de coisa sou eu que levo. Eu mesmo entender a realidade deles, porque aí eu entendo as necessidades na fonte. Eu pergunto ‘O que te aflige mais?’, ‘Qual é seu maior problema?’. Obviamente a fome é um problema, o frio é outra necessidade, a carência deles é outra”, elenca o artista.

Sofrimento

Em seguida, Titto fala de como essas pessoas sofrem com a falta de contato que pessoas em situação de rua tem com o resto da sociedade. Ademais, ele afirma que ainda que não seja possível fazer um grande trabalho voluntário, cada ação é extremamente importante.

“Essa é uma coisa que eu falo muito. As pessoas vêm o volume: o cara para uma van, um ônibus com mil marmitas. Aí a pessoa fala ‘pow, eu não tenho condição de levar mil marmitas’. Mas, se você levar um pacote de salgadinho, você tá ajudando alguém”, destaca.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente