Huck gera polêmica com entrevista para Bial

Huck gera polêmica com entrevista para Bial
Huck gera polêmica com entrevista para Bial. Foto: Reprodução/Globo

No Conversa com Bial desta quarta-feira (16), Luciano Huck gera polêmica numa série de declarações que envolvem política e televisão. Afinal, seu destino em 2022 se dividiu entre concorrer à presidência da República e assumir o lugar de Fausto Silva aos Domingos. Sendo assim, os dois temas entraram no debate. Então, ele confirmou que ficará no horário que hoje é de Faustão. Ainda assim, reforçou que não deixará o debate político. Contudo, alguns trechos da entrevista causaram desconforto até em colegas da emissora, como jornalistas que cobrem política na GloboNews e no Jornal O Globo.

A princípio, o marido de Angélica revelou que possivelmente vai se abster do voto em 2022, caso os candidatos não o agradem, como já fez em 2018. “Ninguém nunca me perguntou isso diretamente, mas eu não vou me furtar da resposta, porque acho que hoje em dia no Brasil você não se posicionar é você compactuar com o que tá acontecendo. Eu votei em branco na última eleição, é o que eu devia ter feito e fiz com bastante tranquilidade. Os dois candidatos que se apresentavam naquela época, eu não me sentia representado por nenhum dos dois. Votei em branco e votaria em branco de novo”, afirmou.

Posteriormente, Marcelo Lins e Bernardo Mello Franco, ambos especialistas na cobertura política – e também funcionários da Globo – reagiram às declarações do apresentador. “A fumaça não volta pra dentro da garrafa’, diz Luciano Huck, indicando que sua candidatura virou… fumaça”, declarou Bernardo. Lins, por sua vez, deixou clara sua indignação com o tal voto em branco. “Incrível, Huck. Realmente. Inacreditável!”, escreveu.

Leia mais

Paparazzo flagra Luciano Huck em jantar com amigos
Vaza áudio de ator criticando Luciano Huck
Após protesto, Luciano Huck enfrenta reação de internautas

Virou fumaça mesmo?

É fácil prever que Huck se preparou para as possíveis reações do público a sua entrevista, afinal, já até justificou possíveis críticas. Em determinado momento, ele lembrou que nunca lançou uma candidatura oficialmente, portanto, não há o que ‘virar fumaça’, como afirmou posteriormente o jornalista do O Globo.

“Eu vou ser muito franco aqui. Eu nunca me lancei candidato a nada, vamos deixar isso claro. Então, eu não estaria retirando nenhuma candidatura, porque eu nunca lancei candidatura”, defendeu-se.

Apesar disso, não há nada que deva tirar o apresentador da esfera política, ainda que ele não concorra a cargos nas urnas. Afinal, há diversas formas de se manifestar e é isso que ele pretende fazer.

“Eu não saio mais do debate público, eu vou estar no debate público para sempre. Eu gosto dessa arena, dos debates de ideia. Acho que a gente precisa superar o que tanto nos atrapalha hoje em dia que é essa raiva que se criou entre quem pensa diferente”, refletiu.

Domingão do Huck

Curiosamente, a entrevista e renovação do contrato de Huck com a Globo (que acaba esse mês) aconteceram dois dias depois de Tiago Leifert comandar com maestria o Domingão. Ainda no Twiter, houve quem associasse os dois fatos, analisando que a ‘ficha caiu’. Isso, porque ficou claro que a Globo não enxergou o apresentador como única opção para os domingos em 2022. Então, logo de cara divulgou a renovação. Ainda assim, tudo não passa de especulação. Fato mesmo é que Faro e Eliana já tem um novo concorrente a partir do ano que vem.

De acordo com Luciano, ele vai dar novos ares aos domingos, com um programa que vai ser um desafio e uma oportunidade.

“Eu acho que no ano de 2022, a TV aberta vai ter um papel tão importante de resgatar a esperança das pessoas, de resgatar a autoestima. Eu tenho certeza que posso contribuir muito para o país estando nos domingos da Globo. Mas, mais uma vez, isso não quer dizer que eu estou fora do debate público. Eu estou vendo esse desafio como o mais importante da minha carreira e vou dedicar cada dia e cada minuto para que seja um espelho da nossa sociedade de tudo o que a gente tem de bom!”, disse.

Em seguida, contou como é o processo de criação para a nova atração. Ainda assim, deixou claro que sua marca registrada – viajar pelo país – seguirá.

“É um processo gostoso na hora que você se junta para ter ideia, você senta, tem a página em branco e vamos trabalhar. Você tem que respeitar o hábito do telespectador. Vou fazer o programa no Brasil, como eu sempre fiz. Eu rodo esse Brasil e é o que eu gosto de fazer!”, disse.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente