Atitude 67: Integrantes já ficaram com fãs

Atitude 67: Integrantes revela que já ficaram com fãs
Atitude 67: Integrantes revela que já ficaram com fãs. Foto: Igor Alarcon/Divulgação

Em tempos de isolamento social, é sempre bom lembrar de quando a gente podia ir a shows e festas com artistas famosos. É nesse clima de nostalgia que alguns dos integrantes do Atitude 67 confessam que já ficaram com fãs entre um show e outro. Aliás, em entrevista ao Famosando, eles também comentam que sentem saudades de estar com o público.

Em relação aos fãs com quem já ficaram, os meninos relatam que é comum rolar uma conversa antes pelo Instagram ou algo do tipo. Enfim, não rola só por rolar.

“Eu acho que já rolou de simpatizar, sim. A estrada é muito corrida. Aí tem uma pessoa que está ali e foi assistir o show, acaba que acontece. Em geral se a gente tá em São Paulo, conversa por alguém no Instagram, a pessoa vai no show, daí rola. É importante frisar, que os caras que estão solteiros tem essa”, contam.

Fama

Contudo, a fama não mudou a vida social de cada um. Afinal, é comum que boatos a respeito de um ou outro integrante surjam nas redes, porque eles mantém uma discrição maior em relação à vida privada. A respeito disso, os meninos destacam:

“Na questão de fama, é difícil. A gente trabalha muito a imagem da banda, então não tem um interesse na vida de cada um, até porque a gente é muito tranquilo”.

Ao falar da fama, os meninos comentam que atualmente o público está muito mais voraz quando o assunto é conteúdo. Talvez por cantarem para mais gente ou pelos tempos em que a música é um produto menos duradouro… A questão é que o trabalho é bastante mais duro hoje em dia.

“A mudança (da fama) foi de responsabilidade. A gente hoje tem um público muito maior, que está ali querendo mais. Aumentou a responsabilidade para alimentar essa galera no dia a dia!”, analisam.

E mesmo com essa nova dinâmica, os meninos relatam que sentem falta do calor do público. Além disso, o formato das lives também é novo. Contudo, o ato de fazer música é o que vem primeiro.

“A gente que mexe com arte, e tem essa energia do público e tal, para nós está tudo muito novo. O que a gente mais ama é tocar. Vamos fazer o que a gente mais gosta. E a gente olha um pro outro, sente a energia um do outro etc.”, relata.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente