JP Gadêlha revela propostas indecentes: ‘Poderia estar na Globo’

Depois de deixar A Fazenda, pernambucano revela bastidores da fama
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
JP Gadêlha revela propostas indecentes:
JP Gadêlha revela propostas indecentes. Foto: Reprodução/Instagram

Em live com o Correio 24Horas, JP Gadêlha revela propostas indecentes de famosos e ‘pessoas influentes’. O ex-peão contou que já recebeu alguns convites que o fizeram pensar duas vezes. Contudo, agradeceu e deixou a oportunidade passar.

Afinal, de acordo com o que o bombeiro militar acredita, não vale tudo pela fama. Então, a algumas situações, ele preferiu não se sujeitar. O pernambucano não especificou exatamente do que se tratava ou que tipo de proposta era essa. Contudo, revelou que, se quisesse, poderia estar numa novela das nove na Globo. Quem fez a proposta, isso o boy vai levar para o túmulo.

 “Se fosse pra estar na Globo, talvez na novela das 21h, eu até poderia estar. Porque o que eu já tive de propostas indecentes de pessoas famosas e influentes… Eu jamais abriria minha boca para falar – seria antiético expor alguém – mas eu já recebi várias. Sempre agradeci, mas foi aí que eu pensei: Não vale tudo pela fama. Se eu tiver que chegar ‘lá’, vou chegar de uma forma natural, espontânea e através do meu talento”, afirmou.

Depois do momento em que JP Gadêlha revela propostas indecentes de pessoas importantes na emissora carioca, ele declara que não julga quem se sujeita a certas situações. Apesar de não entrar em detalhes, ele fala de usar o corpo ou do físico para ganhar fama.

“Ao longo desse caminho já tiveram várias coisas que me tentaram e me fizeram pensar duas vezes se valia a pena fazer em troca da fama (…) Eu não julgo, porque acho que cada um cuida do seu corpo, do seu físico, da sua alma e da sua espiritualidade, mas dentro dos meus princípios – e do que eu julgo certo e errado – não faria”, pontua.

Leia mais:

JP Gadêlha é o segundo eliminado de A Fazenda
Jojo e Biel tocam no pênis de JP Gadêlha e geram polêmica
Boninho confirma famosos e anônimos no BBB21

Preconceito

O ex-peão já deixou bem claro que não gosta de erotizar sua profissão. Essa história do bombeiro gato não cola com ele. JP é bombeiro e é gato, mas as duas coisas não precisam estar sempre juntas. Por isso, ele prefere deixar bem claro o lugar de cada trabalho. Além disso, ele declara que o estereótipo de militar grosseiro e mal-educado não precisa prevalecer. Dá para ser gente boa no exército, segundo ele.

“No The Circle senti mais do militarismo. (…) Mas eu vim justamente pra bater de frente e mostrar que um militar pode ser sim ser um cara tranquilo, do bem, boa pinta, pode ser artista. Não é porque eu sou militar que eu sou um cara rígido, ríspido ou enfim. As pessoas tendem a fazer essa comparação e a estereotipar não só em reality, mas na vida”, desabafou.

Além disso, o fato de ser de Pernambuco (e viver na Bahia) também já gerou situações constrangedoras para o modelo. Inclusive, nas redes sociais ele vive esse tipo de ataques. Alguns dizem que seu sotaque é forçado, pela mistura de soteropolitano com recifense.

“Também já me deparei com muitas situações de preconceito por ser Nordestino. Até nas redes sociais já me atacaram, falaram que meu sotaque era forçado. Gente, meu sotaque é esse. Eu sou um cara que tenho orgulho das minhas raízes”, pondera.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente