Justiça da Itália condena Robinho a nove anos de prisão por acusação de estupro

Justiça condena Robinho por assédio na Itália em 2013
Justiça condena Robinho por assédio na Itália em 2013. Fotos: AgNews

A corte de apelação italiana confirmou nesta quinta-feira (10) a mesma sentença da primeira instância. Sendo assim, a justiça da Itália condena Robinho por assédio. Assim, ele deve ser preso para cumprir nove anos de prisão por acontecimento de 2013, quando ele jogava no Milan – por isso o caso corre na Itália.

De acordo com a GloboNews, o caso chegou à justiça italiana e teve condenação em primeira instância em 2017. No entanto, a equipe do jogador apelou contra a sentença. Dessa forma, só agora o tema voltou à justiça.

O julgamento aconteceria em fevereiro deste ano, mas mudou por causa da pandemia. Sendo assim, a sentença só saiu agora. Então, a partir de agora, os advogados devem esperar 90 dias para recorrer ao tribunal superior italiano.

Foto: Dilson Silva/AgNews

Leia mais

Letícia Spiller questiona acusação a Melhem
Antônia Fontenelle rebate acusações de Gisele Itiê
Dani Calabresa se manifesta após acusações de assédio

Apuração

Ao longo da apuração das provas, uma questão quase de espionagem chamou a atenção. Ainda de acordo com a equipe da Globo News, a investigação colocou uma escuta ambiental dentro do carro de Robinho e capturou o momento em que ele conversava com um amigo. A justiça recebeu o áudio como evidência para o julgamento.

Nas redes sociais, a última manifestação do atleta foi em outubro. Então, não há um posicionamento público de Robinho, por enquanto, a respeito dessa condenação.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente