Laudo de autópsia revela causa da morte de Maradona

Laudo de autópsia revela causa da morte de Maradona

Resultados preliminares da autópsia realizada em Diego Armando Maradona apontaram causa da morte do craque. No laudo, a causa foi relatada como: “insuficiência cardíaca aguda, em paciente com cardiomiopatia dilatada”. O jornal Clarín revelou as informações no fim da noite de quarta-feira (25).

De acordo com o veículo, gerou-se a insuficiência por um edema agudo de pulmão. Realizou-se a autópsia entre 19h30 e 22h no Hospital San Fernando. A família do craque, portanto, pediu para que os especialistas não entrassem na sala do procedimento com telefones celulares. Isso para evitar que fotos fossem tiradas do corpo do ex-jogador.

Dessa forma, uma nota divulgada pela Procuradoria Geral da República da Argentina revelou que a última pessoa que viu Maradona com vida foi seu sobrinho, Jonatan Espósito.

Veja Também: Morre o ex-jogador Diego Maradona, aos 60 anos

Ainda de acordo com o Clarín, dias antes da morte de Maradona sua família havia notado que ele andava “muito ansioso e nervoso”. Eles chegaram a sugerir que ele passasse um tempo em Cuba para nova reabilitação. Local onde ele já havia passado algum tempo em sua luta contra o vício em cocaína.

Laudo de autópsia revela causa da morte de Maradona

Morte do craque

O ex-jogador Diego Maradona, morreu nesta quarta-feira (25). O ex-atleta argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, onde morava.

Aliás, no último dia 11 deste mês, Maradona recebeu alta da clínica de Olivos, onde estava internado em Buenos Aires. A liberação chegou apenas oito dias após submeter-se a uma delicada cirurgia no cérebro.

A propósito, ele recebeu elogios do médico que o operou. “Diego está melhor, muito melhor. A recuperação está incrível. Ele está lúcido. Ele está muito bom.”, disse o doutor Leopoldo Luque, no início deste mês.

Considerado como um dos maiores futebolistas de todos os tempos, Diego Maradona foi um jogador que atuava como meia ou atacante. Então, após deixar os campos, iniciou a carreira de treinador. Afinal, seu talento se transformou em expertise. Sendo assim, reunia inteligência, vontade e talento, com dribles, habilidade para mudar drasticamente sua velocidade e dar giros surpreendentes. Enquanto jogador, Maradona foi reverenciado como uma divindade na Argentina, sendo criada, inclusive uma igreja dedicada a ele.

Contudo, a carreira de Maradona teve muitas controvérsias, que não se limitaram aos gramados. As maiores delas relacionadas ao seu envolvimento com drogas, um vício que acabou por arruiná-lo nos gramados. Além disso, por algum tempo, o deformou fisicamente.

Filhos

O craque teve também dois filhos fora do casamento. Ele, portanto, não os reconheceu como seus. 

Maradona então deixa cinco filhos: Dalma, Diego JR., Giannina, Jana e Diego Fernando. Ele foi casado com Claudia Villafañe (1984-2004), Verónica Ojeda (2005-2012) e Rocío Oliva, com quem estava desde 2012.

Diego Armando Maradona nasceu em Lanus, na Argentina, em 1960. Um dos momentos mais importantes e marcantes de sua carreira foi a Copa do Mundo de 1986, no México. Ele se consagrou campeão com a Seleção Argentina.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente