Ludmilla consegue medida protetiva contra o pai

Ludmilla consegue medida protetiva contra o pai
Ludmilla consegue então uma medida protetiva contra o pai

Ludmilla conseguiu na Justiça uma medida preventiva contra o pai, Luiz Antônio Silva. Ele deixou a prisão há aproximadamente dois anos depois de 16 anos atrás das grades. O advogado da funkeira explicou que o genitor já recebeu essa intimação. Além disso, o batalhão da Polícia Militar que responde pela área onde Ludmilla mora foi avisado para que a decisão seja cumprida.

“Efetivamente o pai foi intimado da decisão, tendo de fato que manter distância. Inclusive o batalhão da Polícia Militar da região foi informado para a observância do cumprimento da decisão”, afirmou o advogado da cantora, por meio de nota à imprensa.

Veja Também: Ludmilla oferece drink na seringa durante festa: ‘Vacina já chegou!’

Ludmilla consegue medida protetiva contra o pai
Ludmilla com a mãe e o pai ao lado

O pai de Ludmilla chegou a receber uma ajuda de custo da filha de R$ 1,6 mil, mas esse benefício foi cortado há pouco tempo. Em março, a mãe da cantora disse no Instagram que ele se aproxima dizendo que quer reatar os laços com Ludmilla, mas na verdade quer dinheiro.

“Não aguento mais ficar sendo ameaçada. Não consigo entender uma pessoa que não tem dinheiro para comer, mas consegue uma advogada para tentar ferrar a minha filha, dizendo que o pai está com depressão por causa dela. Ele alega que tem saudade, ele não quer um abraço, ele quer dinheiro. Para isso as pessoas têm que trabalhar”, apontou a mãe da funkeira.

Na mesma época, em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record TV, Luiz então negou que estivesse chantageando a própria filha por mais dinheiro e disse que sente muitas saudades da cantora. 

Negou

Também em março, Luiz Antônio da Silva, conversou com o jornalista Leo Dias. Assim, ele garantiu que sempre amou os filhos e refletiu sobre seu passado. “Uma vida louca, uma vida que me levou ao fundo do poço, me tirava de perto dos meus filhos”, se referindo ao período em que ficou preso. Questionado sobre a quantidade de vezes que foi para atrás das grades, ele relatou que foram duas e não quis se aprofundar no assunto. “Irrelevante”, disparou.

Ao ser abordado sobre as acusações feitas pela empresária, de chantagem, ameaça e de que teria perdido uma casa dada pela filha por conta do vício em jogo, Luiz então negou: “Mentira, cara. Quando eu sai agora, há dois anos atrás, a Ludmilla falou: ‘Faz uma casa para o meu pai em cima da casa da minha tia Rita’. Quem é minha irmã. A Silvana, automaticamente, falou para mim: ‘Não aluga que a minha filha não tem o dinheiro para fazer kitnet pra você não’. Mas o lance que ela mandou alugar, é para sempre poder pisar e maltratar, a Silvana”.

Em outro trecho, ele falou sobre um auxílio que recebeu da filha. Na conversa com o colunista, Silvana já tinha falado sobre o tema, afirmando assim que o ex nunca estava satisfeito. “Minha filha mandava um auxílio para mim, todo mês. R$ 1.600,00. Ela dizia que eu não podia ligar pra lá. Não tenho o telefone da Ludmilla, só o telefone da Silvana. Eles não me deram o contato da minha filha para eu não falar diretamente, por que se eu falasse, diretamente com a milha filha, eu iria explicar toda a história, como foi de verdade. Ela tem a versão da mãe, da avó. Blindaram ela contra mim”, explicou.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente