Mãe de Pamella Holanda presenciou a filha sendo agredida por Dj Ivis

Mãe de Pamella Holanda presenciou a filha sendo agredida por Dj Ivis
Assim, mãe de Pamella Holanda presenciou a filha sendo agredida por Dj Ivis

Pamella Holanda esclareceu nesta segunda-feira (12) a identidade da mulher que aparece nos vídeos em que é agredida pelo Dj Ivis. A mulher em questão é sua própria mãe que presenciou a filha apanhando. Pamella disse “Eu quero só deixar claro que nas imagens em que aprece outra mulher, essa mulher é a minha mãe. Não é babá ou funcionária. Mas a minha mãe, que estava me ajudando com a minha filha”. A influenciadora ainda agradeceu ao apoio que tem recebido.

No domingo (11), Pamela Gomes de Holanda, companheira de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, compartilhou nas suas redes sociais uma série de vídeos que mostram o artista a atacando com tapas, socos e chutes. Também via Instagram, o produtor confessou as agressões, mas disse que é vítima de uma chantagem.

Os trechos divulgados por Pamela foram feitos, segundo ela, na residência do casal, em vários datas diferentes. Em certo momento, Ivis agride a mulher com ela próxima ou até mesmo segurando a filha, Mel, de nove meses.

Veja Também: DJ Ivis dá socos e chutes na mulher. Veja vídeo!

Dj Ivis ganha mais de 200 mil seguidores após vídeos agredindo a esposa

Denuncie

Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie. Vale lembrar que casos de violência doméstica são aqueles em que o agressor mora na mesma casa da vítima. E, na maior parte, são cometidos por parceiros ou ex-companheiros. Mas também pode-se aplicar a Lei Maria da Penha em agressões cometidas por familiares.

Ao propósito, também pode-se realizar denúncias pelo número 180 — Central de Atendimento à Mulher — e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos. Além disso, há ainda o aplicativo Direitos Humanos Brasil e através da página da Ouvidoria Nacional de Diretos Humanos (ONDH) do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Vítimas de violência doméstica podem fazer a denúncia em até seis meses a partir da data da agressão. Caso esteja se sentindo em risco, a vítima então pode solicitar uma medida protetiva de urgência.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente