Maestro João Carlos Martins dedica concerto para João Alberto, morto em mercado no RS

Organizou-se o concerto para homenagear o Dia da Consciência Negra, mas o Maestro decidiu dedicar para João Alberto
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Maestro João Carlos Martins dedica concerto para João Alberto, morto em mercado no RS
Foto Leo Franco/ Agnews

Na noite desta sexta-feira (20), o maestro João Carlos Martins e Bachiana Filarmônica SESI-SP fizeram um concerto transmitido em live através do Youtube. Organizou-se o concerto para homenagear o Dia da Consciência Negra, comemorado hoje. Mas, diante dos acontecimentos, o Maestro decidiu dedicar para João Alberto, o homem negro que morreu após apanhar de seguranças de um mercado no Rio Grande do Sul.

“Quero dizer que hoje de manhã eu anunciei que esse concerto era pela consciência negra no dia da consciência negra. Mas, infelizmente tivemos no Brasil um fato lamentável hoje com a morte do João Alberto. Assim esse concerto acaba sendo dedicado à memória do João Alberto e tenho certeza que isto tem uma importância enorme para a Bachiana Filarmônica SESI-SP.” explico o Maestro João Carlos Martins.

Além disso, exibiu-se a frase ‘Black Lives Matter’ em um telão e todos os músicos fecharam a mão como um gesto de concordância com a afirmação. “Esta razão pela qual eu repito a frase que marcou o mundo: Black Lives Matter. Esta é a homenagem da Karin, do Jean William, do nosso Adriano, minha e da Bachiana Filarmônica SESI-SP. Essa frase, não é só Brasil, é pro mundo inteiro”.

A morte de João Alberto gerou revolta em todo o Brasil. Manifestações estão sendo realizadas em diversas filiais do Carrefour, mercado onde ele foi morto por seguranças.

Karin Hils

Aliás, a cantora Karin Hils fez uma participação na transmissão e ganhou elogios do Maestro. “A Karin é uma cantora que orgulha o nosso país, que orgulha a música e foi pra nós uma honra tê-la como solista.”

Dessa forma, Karin começou sua participação cantando Você de Tim Maia. Logo após ela fez um dueto com Jean William e terminou sua apresentação com Lets Dance de Donna Summer.

Veja Também: Arthur Nory pede perdão a ginasta negro por racismo

No início da pandemia, portanto, Karin estava em cartaz com o musical Donna Summer dirigido por Miguel Falabella. Devido ao isolamento social imposto pelo novo coronavírus, o musical foi suspenso e retornará em janeiro de 2021, segundo a artista.

A cantora então aproveitou o espaço para exaltar a cultura negra. “Antes de começar eu queria falar uma coisa, é um prazer muito grande estar aqui nessa noite tão especial. Antes o maestro estava falando sobre o dia que a gente está comemorando hoje, Dia da Consciência Negra. A cultura negra é uma das principais que fundamentam a identidade desse país e já passou do momento disso ser muito valorizado, disso ser muito honrado.”

“O Dia da Consciência Negra é comemorado por todos os negros desse país, foi uma vitória, foi em 2003 que a gente conseguiu colocar isso no calendário, é comemorado em alguns estados do nosso país. Mas o meu desejo é que isso seja expandido, que essa consciência seja coletiva porque não é só uma coisa nossa, é de todo mundo. É o meu desejo do fundo do meu coração” finalizou.

Live

Além disso, no próximo dia 23 de novembro, o Maestro João Carlos Martins e Bachiana Filarmônica SESI-SP, farão outro concentro que também terá transmissão pelo Youtube. O concentro terá o tema Clássicos Românticos, com a participação especial da soprano Lina Mendes e do maestro Roberto Minczuk

Dessa forma, é possível acompanhar a transmissão através do Facebook e Youtube do Maestro João Carlos Martins.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente