Marido de Isis Valverde quebra a quarentena para surfar no Rio de Janeiro

André Resende foi flagrado surfando na Praia da Barra da Tijuca no Rio
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
André Resende, marido de Isis Valverde, surfando
André Resende – Foto Dilson Silva/ Agnews

Nem todo mundo consegue cumprir a quarentena como deveria. Nesta quarta-feira, 6, o marido de Isis Valverde quebra a quarentena para surfar no Rio de Janeiro. O modelo foi flagrado por um paparazzi na Praia da Barra da Tijuca. A atriz portanto, ficou em casa brincando em uma barraca no jardim com o filho Rael.

Veja Também: Pai de Isis Valverde morre durante trilha de moto em Minas Gerais

Com o ato, André descumpriu o decreto do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que proíbe a população de frequentar as praias. A medida é para tentar conter a disseminação do novo coronavírus durante a pandemia.

André e Isis são casados desde junho de 2018, em novembro do mesmo ano a atriz deu á luz ao filho do casal, Rael. Isis tem mostrado sua rotina durante a quarentena fazendo treinos em casa e cuidando do filho.

André Resende, marido de Isis Valverde, surfando
André Resende – Foto Dilson Silva/ Agnews
André Resende, marido de Isis Valverde, surfando
André Resende – Foto Dilson Silva/ Agnews

Lockdown

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta quarta-feira, 6, que, a partir de amanhã, às 5h, iniciará um bloqueio no Calçadão de Campo Grande, na Zona Oeste, para tentar frear a pandemia do coronavírus. O bairro é o líder de denúncias de aglomeração e também o maior número de mortes na capital, 40. Já a cidade do Rio contabiliza 764 mortes e 8.577 diagnósticos da doença.

Crivella usou o termo “lockdown parcial” para definir a medida necessária, segundo ele, que os apelos de conscientização para a população pelo isolamento social não surtiram o efeito desejado na região. O plano da administração municipal é colocar a Guarda Municipal nos calçadões para que não haja aglomeração de pessoas e impedir que lojas sejam abertas. A prefeitura indicou que guardas 24 horas por sete dias seguidos. O prazo poderá ser estendido.

A Fiocruz recomendou hoje, em ofício enviado ao Ministério Público do Rio de Janeiro, que o estado adote o lockdown para evitar a propagação do coronavírus. O Ministério Público deu prazo de um dia para o governo de Wilson Witzel responder à solicitação.

O Brasil já registrou 8.536 mortes pelo novo coronavírus. Com isso, o País ultrapassou a Bélgica (8.339 mortes) como o 6º país no ranking mundial de óbitos em decorrência da doença, segundo levantamento da Universidade John Hopkins.

Em 24 horas, o governo teve 615 registros atualizados de mortes por conta da covid-19, maior número registrado no período desde o início da pandemia. O recorde anterior tinha sido a marca anunciada ontem, quanto houve um registro de 600 óbitos no período. No total, o país alcançou 125.218 casos oficiais, com 10.503 casos de ontem para hoje.

Andre, Isis e o filho Rael
Andre, Isis e o filho Rael
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente