Medina se pronuncia após ficar fora de competição por não tomar vacina

Medina se pronuncia após ficar fora de competição por não tomar vacina
Medina se pronuncia após ficar fora de competição por não tomar vacina

Gabriel Medina se pronunciou após ter sido duramente criticado por não ter tomado ainda a vacina contra a Covid-19 e, por consequência, não poder participar do campeonato Mundial de Surfe (WCT). O surfista publicou texto no seu Instagram para se explicar e garantiu que deverá receber o imunizante em breve.

“Vacina salva vidas, galera! Foi um erro eu não ter conseguido encaixar a imunização em minha agenda de treinos para os desafios desse ano, focado no campeonato mundial, mas em breve tomarei a minha. Enquanto isso, sigo tomando todos os cuidados e protocolos de segurança”, disse ele.

Entenda

Gabriel Medina ficará de fora da última etapa do Mundial de Surfe (WCT), que acontecerá em Teahupoo, na Polinésia Francesa, entre os dias 24 de agosto e 3 de setembro. Isso por não ter tomado a vacina contra a Covid-19, que é exigida para entrar no país.

O surfista garantiu que isso não deve prejudicá-lo na disputa pelo Mundial, que está liderando. “Eu posso descartar uma etapa, então está de boa“, explicou durante uma live em seu canal na Twitch.

“Eu não vou para Teahupoo porque não tomei a vacina. Aí, teria que fazer 10 dias de quarentena, não dá tempo de ir do México, que é uma seguida da outra. Aí, vou ser obrigado a não ir. Sacanagem, mas de boa”, disse ele, que estará em Barra de la Cruz, no México, de 10 a 19 de agosto.

Vale lembrar que durante as Olimpíadas, por ser membro da delegação brasileira, Medina tinha a sua disposição a vacina. Isso porque o Comitê Olímpico Internacional (COI) disponibilizou doses, mas não exigiu obrigatoriedade, para que todos os atletas se vacinassem antes de competirem em Tóquio.

Campeão

Campeão mundial em 2014 e 2018 —por pouco não levou o tri em 2019—, Medina lidera o ranking mundial com 46.720 pontos. Ítalo Ferreira, que ganhou o ouro nos Jogos de Tóquio , segue em segundo lugar, com 33.555. A disputa no Taiti é a última a valer pontos no Mundial. Em seguida, a final da competição será em Lower Trestles, na Califórnia, onde participarão dos cinco melhores no ranking neste ano.

Considerava-se Medina favorito em Tóquio devido à boa temporada na WSL, com cinco finais em seis etapas e liderança disparada do ranking. No Japão, o brasileiro boa competição até o fim das semifinais , quando levou a virada do japonês Kanoa Igarashi .

O surfista se envolveu em polêmicas antes e durante as Olimpíadas. Brigou com o COB por não poder levar a mulher, Yasmin Brunet, e reclamou da entidade diversas vezes, dizendo ter se sentido prejudicado. Na primeira entrevista no Japão, voltou a lamentar o episódio, mas afirmou que a vida tinha que seguir em frente, que era adulto e já pagava como próprias contas.

Medina se pronuncia após ficar fora de competição por não tomar vacina
Medina se pronuncia após ficar fora de competição por não tomar vacina

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente