Morre aos 84 anos o ator Paulo José – veja últimas fotos do ator

Paulo José falece aos 84 anos

No início desta noite de quarta-feira, 11, veio a óbito o ator e diretor Paulo José. Aos 84 anos, um dos grandes nomes da teledramaturgia brasileira faleceu em decorrência de uma pneumonia.

Ele estava internado há 20 dias e deixa esposa e três filhas: Ana, Bel e Clara Kutner, de seu relacionamento com a atriz Dina Staf, além de Paulo Henrique Caruso.

Paulo chegou a ser fotografado na recepção do Hospital Copa Star quando deu entrada para eentual tratamento da pneumonia. Veja abaixo as últimas fotos do ator e diretor

Ator na recepção do hospital Copa Star em Copacabana – Fotos: Gabriel Rangel / Agnews
Na recepção do hospital Copa Star em Copacabana – Fotos: Gabriel Rangel / Agnews
Ator na recepção do hospital Copa Star em Copacabana – Fotos: Gabriel Rangel / Agnews

Vida e carreira de Paulo José

Paulo José Gómez de Souza nasceu em Lavras do Sul, interior do Rio Grande do Sul, em 20 de março de 1937. 

Paulo teve longa carreira dentro da Rede Globo. Seu primeiro trabalho na emissora carioca foi na novela “Véu de Noiva”, da escritora Janete Clair, no ano de 1969.

Mas não foi logo de cara que Paulo José apontou para o estrelato, o primeiro grande personagem do ator foi “Shazan” na novela “O Primeiro Amor” no ano de 1972, novela essa de Walther Negrão.
A dobradinha fez tanto sucesso que deu origem ao seriado Shazan, Xerife e Cia., escrito, dirigido e interpretado por Paulo e Flávio entre 1972 e 1974.

Outros personagens marcantes foram o comerciante cigano Jairo em Explode Coração (1995), de Gloria Perez, e o alcoólatra Orestes de Por Amor (1997), de Manoel Carlos. 

Com mais de de 60 anos de carreira, Paulo José atuou em mais de 20 novelas e minisséries, entre elas, Roda de Fogo (1986), de Lauro César Muniz; Vida Nova (1988), de Benedito Ruy Barbosa; ‘Tieta’ (1989), de Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares; ‘Araponga’ (1990), de Dias Gomes, Ferreira Gullar e Lauro César Muniz; ‘Vamp’ (1991), de Antonio Calmon; ‘O Mapa da Minha’ (1993), de Cassiano Gabus Mendes; ‘Agora é Que São Elas’ (2003), de Ricardo Linhares, escrita a partir de uma ideia original do próprio Paulo José; ‘Senhora do Destino’ (2004), de Aguinaldo Silva; ‘Um Só Coração’ (2004) e ‘JK’ (2006), minisséries de Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira; ‘Caminho das Índias’ (2009), de Gloria Perez; e ‘Morde & Assopra’ (2011), de Walcyr Carrasco.

Sua última e mais emocionante aparição na TV foi como o vovô Benjamin na novela ‘Em Família’ (2014), de Manoel Carlos. Ele era o pai de Virgílio (Humberto Martins) e, como na vida real, seu personagem sofria de Mal de Parkinson.

VEJA MAIS
Corpo de Tom Veiga, o Louro José, é enterrado em São Paulo
Diagnosticado com COVID-19, Morre José Paulo de Andrade, aos 78 anos

Ator chegou a ser vacinado contra a Covid19
Clara Kutner, Bel Kutner e Ana Kutner com o pai, Paulo José

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente