Morre o ator Sérgio Mamberti, aos 82 anos

Morre o ator Sérgio Mamberti
Morre o ator Sérgio Mamberti. Foto: AgNews

Depois de duas internações esse ano, morre o ator Sérgio Mamberti, vítima de falência múltipla dos órgãos. A Globo confirmou a notícia. Ele estava há três dias no hospital da Rede Prevent Sênior, em São Paulo para tratar uma infecção no pulmão. O óbito ocorreu na madrugada desta sexta-feira (3).

Mamberti passou por três internações esse ano. A princípio, precisou tratar uma pneumonia. Em seguida, uma questão renal, causada pelo excesso de medicamentos da primeira. Por fim, mais uma infecção nos pulmões, a qual o artista não resistiu.

Ele deixa três filhos, Duda, Fabrício e Carlos Mamberti.

Leia mais

A Cultura do Cancelamento: De onde vem o hater?
Cultura confirma reality musical em 2021
Miguel Falabella estreia em reality na TV Cultura

Marco de uma geração

Sérgio Mamberti interpretou o Tio Vitor em Castelo Rá-Tim-Bum. Foto: Reprodução

Com mais de 40 trabalhos só na televisão, Sérgio é o marco das crianças e adolescentes dos anos 1990. Isso, porque ele deu vida a Tio Vitor, o dono do Castelo Rá-Tim-Bum. O programa da TV Cultura foi ao ar entre 1994 e 1997, contudo, a transmissão continuou por todo o começo dos anos 2000. Em 2019, aliás, passou a ser parte do canal da emissora no Youtube. Além do Brasil, o Castelo também chegou a diversos outros países da América Latina.

Ainda assim, Sérgio também passou por grandes sucessos da TV no Brasil. Por exemplo, esteve em O Clone, que volta ao Vale a Pena Ver de Novo na Globo e Da Cor do Pecado, em exibição no GNT. Além disso, também passou por Pantanal, A Muralha, Anjo Mau, entre outras. Mais recentemente, ainda marcou presença em 3%, um dos grandes sucessos nacionais da Netflix.

Ademais do currículo extenso na TV, a passagem do ator no cinema também é expressiva. Ele esteve em quase 50 obras desde o final dos anos 1960. Participou de O Bandido da Luz Vermelha e Toda Nudez Será Castigada, dois ícones da história do cinema no Brasil. Seu último projeto cinematográfico foi O Pastor e o Guerrilheiro, que ainda não chegou aos cinemas. Contudo, ele ainda esteve em outros símbolos do cinema nacional, como Brava Gente Brasileira e 3 Histórias da Bahia No campo da produção infantil, filmou Castelo Rá-Tim-Bum – O Filme e Xuxa Abracadabra.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente