Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada

Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada
Nego do Borel então indiciado por violência doméstica contra ex-namorada

A delegacia de atendimento à mulher (Deam) de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, indiciou Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, por violência doméstica. Ele, portanto, nega as agressões.

De acordo com uma nota da Polícia Civil, o cantor foi indiciado pelo crime de lesão corporal na forma da Lei Maria da Penha. As acusações são da ex-namorada Swellen Sauer, que foi assessora de imprensa de Nego do Borel em 2013, no início de sua carreira.

Os dois mantiveram um namoro entre 2012 e 2015. Aliás, o comportamento agressivo de Nego do Borel é o mesmo relatado pela atriz Maria Eduarda Reis Barreiro, a Duda Reis, que divulgou os crimes nas redes sociais após o término do relacionamento com o artista.

Duda foi a primeira a denunciar o caso em janeiro deste ano. Assim, um boletim de ocorrência foi registrado em São Paulo. Na ocasião, ela confirmou à polícia que foi vítima de agressão, ameaça, estupro de vulnerável, injúria, além de ter contraído HPV (infecção transmitida sexualmente) em decorrência das relações extraconjugais que o cantor mantinha durante o relacionamento do casal.

Depois que Duda falou abertamente sobre o caso, foi a vez de Swellen Sauer usar as redes sociais para narrar as agressões sofridas. A assessora então relatou ter tomado um soco na costela em uma boate e uma tentativa de enforcamento com o cabo de carregador de celular na época que namoravam. Testemunhas confirmaram a versão à polícia.

Swellen no dia que prestou depoimento. Fotos: Anderson Borde/AgNews
Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada
Swellen e Nego
Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada
Duda Reis e Nego do Borel

Socos

Em entrevista ao Fantástico, ela afirmou que foi agredida por ele com socos na costela. Há também acusações de ter sido enforcada com um carregador de telefone.

“Ser contrariado e quebrar coisas, ser contrariado e bater com a própria cabeça numa placa de rua. Ser contrariado e te chamar num camarote de uma boate e te dar um soco na costela”, relata.

Swellen também falou sobre uma agressão que teria acontecido após uma crise de ciúmes de Nego do Borel.

“Ele ficou com ciúmes e veio atrás de mim, falando, reclamando. Estava com carregador e o celular na mão e me encostou na parede, e colocou o carregador. Na hora você não realiza muito bem o que está acontecendo. Até que senti realmente, que me faltou o ar. Eu estava com uma amiga e ele com o empresário dele, eu chamei por eles e ele se afastou”.

Nego do Borel nega as agressões.

“Não aconteceu isso. Não entendo por que ela fala que deixei ela sem ar, dei soco na costela dela, era muito agressivo e ela não fez nenhum registro na delegacia. Ela tinha que ter feito, e ela não fez. Isso é o certo.”

Veja Também: Nego do Borel chora e desabafa “Eu não estou aguentando mais”

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente