No Limite pode voltar à grade da Globo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
No Limite pode voltar à grade da Globo
No Limite pode voltar à grade da Globo. Foto: Reprodução/Globo

Primeiro reality dos anos 2000, No Limite pode voltar à grade da Globo, de acordo com Boninho. O diretor de variedades da emissora anunciou que uma nova temporada do programa de sobrevivência está ‘na agenda’ do canal.

Ao responder ao pedido de um fã, ele confirmou que existe a possibilidade de um retorno. Inicialmente apresentado por Zeca Camargo, fica a dúvida de um possível apresentador para a nova versão do reality.

Lançado em 2000 e com quatro temporadas no histórico, No Limite é a versão tupiniquim de Survivor. O formato da Endemol (mesma corporação responsável pelo Big Brother e The Voice) é um sucesso com 34 temporadas só nos EUA (está no ar desde 1997).

Ainda assim, é tudo uma grande conspiração de fãs com um empurrãozinho do esposo de Ana Furtado. Agora, o foco de toda a equipe executiva é a grande final sem público do Big Brother.

Siga Famosando nas redes sociais
Instagram – @sitefamosando
Facebook: /sitefamosando
Twitter: @sitefamosando

Por falar em BBB…

Enquanto pensamos que No Limite pode voltar à grade da Globo, o BBB chega a sua reta final aplaudido de pé. Após uma temporada sem sal nem açúcar em 2019, o programa surpreendeu tudo e todos com nove convidados este ano. Contudo, nem só de sub-celebridades passou a edição. Grandes polêmicas giraram em torno do programa. Logo na primeira semana, vários participantes foram ‘cancelados’ sob as mais variadas acusações. Em tempo, debates sobre homofobia, machismo e zoofilia chegaram ao público em apenas quinze dias.

Assim, o público foi implacável: com tanta polêmica em tão pouco tempo, sobrou até para as ‘mocinhas’ da edição As grandes favoritas do começo do jogo foram acusadas de racismo no meio da temporada. Pode isso, Arnaldo? A desigualdade entre o grupo de mulheres e homens acabou fazendo com que o público se incomodasse com as jogadas das meninas. No final de contas, o grupo ‘hippie’ perdeu a mão tentando ser ‘justo’ demais com os coleguinhas.

Portanto, com toda essa agitação, o público teve a oportunidade de selecionar bem quem eram seus finalistas favoritos. Péssima decisão. Há uma semana da final, ninguém sabe para quem torcer ou a quem dar o prêmio de 1,5 milhão de reais. Obviamente, as torcidas se organizam para defender seus favoritos. Porém, para os fãs do programa em si, é difícil dizer quem merece botar a mão na bufunfa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente