Os Simpsons previu a nota de R$200 em 2014

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Os Simpsons previu a nota de R$200
Os Simpsons previu a nota de R$200. Foto: Reprodução

Mais uma! Depois de uma série de adivinhações (inclusive a derrota do Brasil para a Alemanha), O programa de TV Os Simpsons previu a nota de R$200. A nova nota aparece num episódio de 2014, a qual foi anunciada pelo Banco Central nesta quarta-feira (29).

Nas cenas, Homer se torna um árbitro da Copa do Mundo e, por isso, começa a sofrer tentativas de suborno. Assim, vários empresários chegavam com malas e malas de dinheiro para tentar comprar o chefe da família de Springfield. Surpreendentemente, Homer nega todas as tentativas, afinal, pretende surpreender a filha, Liza, que a escolheu como um super-herói.

É no mesmo episódio que a série prevê a derrota do Brasil para a Alemanha, com a diferença de que isso teria acontecido na final da Copa. Como todos sabemos, o desastroso 7 x 1 foi nas quartas de final. Além de que, Os Simpsons previu a nota de R$200 e a derrota do Brasil para a Alemanha, outros acertos entram na conta da série. Por exemplo, a compra da FOX pela Disney, que aconteceu anos depois que os roteiristas pensaram a respeito.

Ententa o caso

A nova nota foi anunciada de R$200 foi anunciada e aprovada pelo Banco Central do Brasil na quarta-feira (29) e vai ter o Lobo-Guará como animal estampado. E ela já chegou gerando polêmica. Afinal, é uma porta aberta para o crime organizado, a lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, entre outros. A justificativa não chega nem a ser plausível.

De acordo com o governo, a intenção é economizar papel. Sim, porque com um valor de dinheiro impresso em menos notas, aconteceria uma economia maior de papel moeda.

Além de demonstrar a desvalorização do real, a decisão também incentiva o crime organizado, tráfico de drogas, corrupção, entre outras ilicitudes das quais o Brasil já está bastante familiarizado. Afinal, com uma nota de R$200, você economiza a metade do espaço para transportar altos valores.

Dessa forma, malas de dinheiro, dinheiro na cueca, debaixo do colchão, entre outras formas de transportar e usar o dinheiro ilegalmente são facilitadas. Ademais, se você precisar carregar mil reais, vai fazer uma transferência bancária e não colocar na carteira, né?

Ao redor do mundo, as discussões são de diminuir o valor impresso nas notas. Dessa forma, o crime organizado seria dificultado; afinal, transações financeiras através de bancos, são fáceis de se rastrear e entender.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente