Parceiro de Zé Neto, Cristiano comenta shows sem público: ‘É uma bos**’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Cristiano comenta shows sem público depois de fazer duas lives nas redes
Cristiano comenta shows sem público depois de fazer duas lives nas redes. Foto: Reprodução

O mundo das lives é ótimo para a quarentena, mas passa longe da perfeição. Afinal, não dá para negar que foi um produto criado para remendar um problema da ausência dos shows. Em entrevista ao Famosando, o parceiro de Zé Neto, Cristiano comenta shows sem público. Até porque, eles já fizeram duas lives e participaram do Barretão, que reuniu vários artistas para marcar o rodeio, que foi cancelado.

Para o cantor, nada se compara à presença do público nos shows. Até porque, é essa energia que vai fazer com que eles encaminhem as apresentações ao vivo. Em tom de brincadeira, ele diz que não está nada satisfeito em começar a cantar sem plateia.

“Você quer a verdade ou a mentira (risos)? Pra falar a verdade, é uma bos**. A gente entra ao vivo e fica muito perdido, não sabe para onde olhar, tem que cantar mas não sabe muito bem como. Eu particularmente não gosto, porque é muito ruim. É uma bos** mesmo!”, explica.

Contudo, os meninos dizem que o formato não deve deixar de existir. Da mesma forma que Belutti, a dupla também acredita que existe um novo formato chegando no mercado, que deve ficar. Até porque, são as lives que têm mantido a renda dos artistas.

“A live vai ficar, sim. No começo gerou muito visualização. De repente foi dando uma queda. Infelizmente, as pessoas agora quebram o isolamento e estão se juntando mais para assistir. Mas, é bem provável que seja um formato que venha para ficar, porque é um conteúdo muito bacana que fica para o resto da vida, né? Sempre que a pessoa quiser, vai lá e assiste!”, reflete Cristiano.

Novos formatos

Cristiano comenta shows sem público, mas este não é o único formato que apareceu na quarentena. O Drive-in é uma ferramenta que está ganhando força no mercado, até porque gera bilheteria e tem uma estrutura mais parecida com a tradicional. Apesar disso, o cantor diz que a dupla, provavelmente, não vai apostar nesse formato.

“O Drive-in a gente ainda nem tocou no assunto de experimentar. Talvez Zé Neto e Cristiano não opte por esse formato. Mas, tudo vai depender, do quanto isso demorar pra voltar!”, relata.

Por outro lado, vários artistas já estão engajados nesse formato. Luisa Sonza, Nando Reis, Jota Quest entre outros, entraram na onda dos shows ao vivo e cantaram no Allianz Park.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente