Polícia brasileira faz busca no Paraguai por assassino de ator Rafael Miguel

Polícia brasileira faz busca no Paraguai por assassino de ator Rafael Miguel

A Polícia Civil de São Paulo esteve recentemente no Paraguai à procura de Paulo Cupertino Matias, após a denúncia de que o assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele fugiu do Brasil para o país vizinho.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública, uma equipe do DHPP esteve em diligências na cidade de Liberación. Isso entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro, após receber uma informação de que o acusado estava em uma fazenda na região. A cidade, portanto, tem pouco mais de 24 mil habitantes.

No entanto, não encontrou-se o criminoso no local e ele continua sendo procurado.

Um delegado e dois investigadores do DHPP viajaram ao Paraguai para checar a informação de que Paulo ficou 15 dias numa fazenda em Liberación. Assim, também havia a suspeita de que Paulo pudesse ter trabalhado em outra fazenda. Essa de soja em Yataity del Norte, outro município paraguaio.

A pedido dos policiais brasileiros, o dono da propriedade, um gaúcho que mora em Liberación, foi ouvido pelas autoridades paraguaias. Ele teria negado ter hospedado o assassino. Vistoriaram a residência dele, mas não encontraram indícios da passagem do empresário por lá.

Polícia brasileira faz busca no Paraguai por assassino de ator Rafael Miguel
Polícia fez simulação de possíveis disfarces usados por Paulo Cupertino para fugir após matar ator e os pais dele. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Fuga

De acordo com a investigação do Departamento de Homicídios, Paulo teria fugido para Liberación com ajuda de Alfonso Helfenstein. Ele é piloto de avião e dono de um sítio em Eldorado, no Mato Grosso do Sul. Onde o empresário ficou escondido por 15 meses.

De acordo com os policiais, em 27 de outubro deste ano, Alfonso e Paulo embarcaram numa aeronave particular e deixaram a cidade sul-mato-grossense em direção ao Paraguai.

Alfonso, já teve passagens criminais anteriores por tráfico de drogas. Além disso também é procurado pela polícia pela suspeita de ter ajudado na fuga do procurado.

Polícia fez simulação de possíveis disfarces usados por Paulo Cupertino para fugir após matar ator e os pais dele — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Crime

Paulo está foragido da Justiça desde 9 de junho de 2019. Quando cometeu o crime na Zona Sul da capital paulista. Câmeras de segurança então gravaram quando ele atirou nas vítimas e fugiu.

Segundo a investigação, ele as matou porque não aceitava o namoro da filha, Isabela Tibcherani, com o artista. Ao todo, Paulo atirou 13 vezes nas vítimas. Essas não resistiram aos ferimentos e morreram. Rafael tinha 22 anos, seu pai João Alcisio Miguel estava com 52, e a mãe Miriam Selma Miguel, 50.

Veja Também: Caso Rafael Miguel: Polícia deteve suspeito errado

Atualmente, Paulo está na lista dos criminosos mais procurados pela polícia de São Paulo.

Rafael interpretou o personagem Paçoca na novela “Chiquititas”, do SBT. Além disso, trabalhou num famoso comercial em que uma criança pede brócolis à mãe. Ele também atuou em novelas da Globo, como “Pé na Jaca”, “Cama de Gato” e o especial de fim de ano “O Natal do menino imperador”.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente