Polícia Federal faz busca na casa de Sérgio Reis – veja vídeo

Na manhã desta sexta-feira, 20, na cidade de Mairiporã na Grande São Paulo, agentes da polícia federal estiveram na casa do cantor Sérgio Reis para cumprir um mandado de busca e apreensão contra o cantor.

A operação tem como objetivo apurar suposto envolvimento com crime de incitar a população pelas redes sociais a praticar atos violentos e de ameaça contra a democracia, estado democrático de direito e suas instituições e também contra  os membros dos poderes.

Ao todo, 13 mandados foram autorizados pelo ministro Alexandre de Moraes e atendem a um pedido da subprocuradora Lindora Araújo, da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Entenda o caso envolvendo o cantor Sérgio Reis

Em áudio que circula nas redes sociais, Sérgio Reis então convoca uma greve nacional de caminhoneiros, em 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil. O objetivo da ação é aprovar o voto impresso – tema que já foi rejeitado pelo legislativo após votação – e protestar contra os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “Se em 30 dias não tirarem os caras nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser. E a coisa tá séria”, diz ele.

No registro, divulgado no último dia 15 de agosto, Sérgio diz que um documento será entregue ao Senado. “Vão receber um documento assim: ‘vocês têm 72 horas para aprovar o voto impresso e tirar todos os ministros do STF. Não é um pedido, é uma ordem’ […] Se não fizer nada, nas próximas 72 horas, ninguém anda no País, não vai ter nem caminhão para trazer feijão para vocês aqui dentro”, ameaça o cantor.

Aliás, Sergio também sugere no áudio que o movimento conta com apoio financeiro para manter os manifestantes hospedados e alimentados em Brasília por mais de um mês. O artista dá então a entender que o presidente Jair Bolsonaro apoia o movimento.

Ele afirma ter chegado de Brasília, onde teria almoçado com Bolsonaro e participado de uma reunião com produtores de soja, além de integrantes do Ministério da Defesa e do Exército, Marinha e Aeronáutica. “Todos os fortes. São pessoas importantes que não tinha ideia do que estava sendo preparado pelos caminhoneiros”, disse.

Após repercussão de áudio vazado, Sérgio Reis então chora em live

Após a repercussão, cantor chora e se arrepende

Logo após a divugação do aúdio e ver as proporções da repercussão do caso, Sérgio Reis fez uma live e chegou a chorar a ocomentar que sua esposa estava chorando e desesperada.

4 shows do cantor estão cancelados, além também de uma ação publícitaria.

Veja Também: Morre atriz das ‘Câmeras Escondidas’ de Silvio Santos

Após repercussão de áudio vazado, Sérgio Reis então chora em live

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente