Sérgio Hondjakoff admite internação. Ouça áudio!

Ex Malhação estaria em cárcere privado em clínica de reabilitação

Após ter negado através de um vídeo que estivesse entre os internos mantidos em cárcere privado em uma clínica de reabilitação em Pindamonhangaba (SP), o ator Sérgio Hondjakoff, conhecido pelo personagem Cabeção de Malhação, da TV Globo, gravou um áudio se desculpando e admitindo a internação.

“Bom dia! É com muita vergonha que eu venho através desse áudio pedir desculpas às pessoas que gostam de mim e as que não gostam, enfim, as pessoas em geral. Quero pedir desculpas por ter gravado um vídeo ontem mentindo sobre a minha internação. Fui internado porque foi preciso e menti para preservar minha família e, principalmente, o meu filho que só tem um aninho de idade. Tudo o que está nas redes da internet fica lá para sempre e menti porque não queria que o meu filho não tomasse conhecimento um dia desse fato depois de ele ter nascido. Peço que entendam a minha situação e que me perdoem. Beijão no coração e que Deus abençoe todos. Até breve, Serginho Hondjakoff”, disse ele.

Mais cedo, uma foto feita com uma fã na porta da delegacia viralizou na web. O registro foi feito por Rafaela de Paula, que contou ao G1 ter visto o ator chegar na delegacia e o abordou para conversar. “Eu estava em frente e aí o reconheci e fui conversar com ele. Me disse que estava na clínica, mas tinha dado problema lá e estava esperando a mãe vir de Resende para buscar”, afirmou.

Clínica

O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, conhecido por fazer o personagem Cabeção em “Malhação”, da TV Globo, estava entre os internos que, segundo a Polícia Civil, eram mantidos em cárcere privado em uma clínica em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. No entanto, nesta quinta-feira (5), o artista divulgou um vídeo em uma rede social dizendo que não estava no local. O G1 confirmou que o nome completo do ator, incluindo a filiação, consta no boletim de ocorrência registrado sobre o caso na Polícia Civil.

Uma clinica de reabilitação foi fechada em uma ação do MP nesta quarta-feira (4), após denúncias por maus-tratos. Lá, estavam 46 pacientes que faziam tratamento contra dependência química. Eles estavam trancados em quartos e sem acesso às chaves.

A polícia informou que, embora houvesse no espaço medicamentos que exigem prescrição médica, os funcionários não tinham receita. Além disso, os internos contaram que tiveram de pagar uma taxa à clínica para tomarem a vacina contra a Covid-19. Segundo a polícia, os donos vão responder por sequestro.

Os pacientes informaram ainda que tinham ligações com os familiares controladas e monitoradas pelos donos do local. Dois funcionários foram presos.

Reabilitação

Os internos passaram por entrevistas com assistentes sociais. Encaminhou-se alguns deles para outras clínicas de reabilitação ou clínicas psiquiátricas.

O nome de Sérgio Francisco Hondjakoff Mendonça não constava da lista de pessoas internadas no local. O G1 apurou então que a polícia entrou em contato com a família do ator e que ele ficaria sob cuidados da assistência social da prefeitura de Pindamonhangaba até a chegada de familiares.

A polícia não informou há quanto tempo Sérgio estava sob cárcere.

Apesar de o ator negar em vídeo, o boletim de ocorrência do caso obtido pelo G1 diz que ele foi até a delegacia após a operação conjunta entre MP e Polícia Civil.

Sérgio Hondjakoff admite internação. Ouça áudio!

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente