Sikêra Jr. acusa Xuxa de pedofilia e apologia às drogas

Sikêra Jr. acusa Xuxa de pedofilia e apologia às drogas
Sikêra Jr. acusa Xuxa de pedofilia e apologia às drogas

Tem gente que não consegue lidar com a crítica negativa. No seu programa policial na sexta-feira (24), Sikêra Jr. acusa Xuxa de pedofilia e apologia às drogas. Visivelmente irritado com a apresentadora, a fala foi uma vingança por um comentário da colega de profissão.

Xuxa compartilhou um vídeo em que o funcionário da RedeTV! faz pouco caso de uma notícia de zoofilia (pessoas que fazem sexo com animais). A apresentadora colocou uma reação de nojo nos stories do Instagram. Então, ele não gostou do emoji e partiu para o ataque.

“Vamo agora para a Rainha. Ex-rainha, né? Porque não dá mais audiência, está sendo empurrada para tudo quanto é horário. Está lançando agora um livro LGBT. Livro LGBT pra criança, viu? Toma cuidado com teu filho, viu? Toma cuidado com a tua filha!”, acusou.

Em seguida, ele lembra um filme protagonizado por Xuxa, Amor, Estranho Amor. Em uma cena, ela aparece numa cena com uma criança.

“Ex-Rainha, quero dizer pra você que pedofilia é crime, viu? E não prescreve. Não prescreve!”, afirmou.

Posteriormente, o apresentador diz que Xuxa usa a fama para envolver crianças em ‘safadeza’.

“Você está usando esse nome que você criou para levar as crianças para a safadeza, pra put****, pra suruba”, acusa novamente.

Leia mais

Xuxa dispara contra haters: ‘Quer ajudar? Não atrapalha!’

Xuxa responde a Antonia Fontenelle

Xuxa sai em defesa de Felipe Neto

Apologia às drogas

Além de falar a respeito da comunidade LGBTQIA+, Sikêra Jr acusa Xuxa de apologia ao uso de drogas. Afinal, afirma que Sasha ofereceu maconha para a mãe e, por isso, estaria incentivando o uso da droga.

“Veja isso, uma formadora de opinião como você. E todo mundo preocupado com o rabo do cavalo. Apologia às drogas também é crime, ex-Rainha!”, afirma.

Além disso, de acordo com o apresentador, Xuxa mudou para atender às demandas de um público-alvo. Contudo, este não seria uma base de fãs que traria retorno à apresentadora.

“Você resolveu fazer evento agora só pra um grupinho de lacradores. Esse lacrador não vai te dar lucro, a prova já está ai. O teu programa não decolou!”, aponta.

Por fim, Sikêra afirma que não entende o motivo de a direção da Record ainda manter a apresentadora no elenco.

“Não sei como os bispos e pastores ainda deixam isso!”, finaliza.

Então, ele confessa o motivo de seu desagrado: “Daí vem na minha página com uma boquinha de vômito, me chamando de tudo que não presta!”.

Histórico problemático

Sikêra Jr. tem um histórico de polêmicas. Afinal, é um rival declarado da comunidade LGBTQIA+. Inclusive, o Instagram removeu uma de suas publicações, por incentivar a Transfobia. Ele acusava a comunidade por enfrentar um processo de aceitação do próprio corpo diferente do resto da comunidade.

“Transgênero é uma pessoa que não aceita o próprio nome, o próprio corpo, a própria voz, a própria vida. Mas quer ser aceito por todo mundo”, afirmou.

Então, o incentivo a qualquer notícia relacionada ao apoio à comunidade LGBTQIA+ incomoda o apresentador. A questão é saber o porquê de tanto desconforto com a sexualidade alheia.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente