Sikêra Jr perde mais patrocinadores após xingar gays

Sikêra Jr perde mais patrocinadores após xingar gays
Sikêra Jr perde mais patrocinadores após xingar gays. Foto: Reprodução

Após xingar a população LGBTQIA+ de ‘raça desgraçada’, Sikêra Jr perde mais patrocinadores, além dos que já perdeu. Em comunicado no Twitter nesta terça-feira (29), a Blindex anunciou que interrompeu as transmissões de propaganda. Anteriormente, MRV, Tim, Magazine Luiza e outras marcas já haviam suspendido a veiculação de anúncios no programa policial.

“A Blindex, seus franqueados, licenciados e parceiros REPUDIAM qualquer tipo de preconceito, discriminação ou discurso de ódio. Informamos que todas as ações com o programa do apresentador Sikêra Júnior foram IMEDIATAMENTE CANCELADAS e que o plano de mídia da marca está sendo minuciosamente reavaliado”, informou a empresa de vidros, mais recente companhia a cancelar anúncios no programa.

Anteriormente, a TIM e a MRV também publicaram notas no mesmo sentido. Aliás, a operadora de telefonia afirmou em comunicado que ‘não compactua com disseminação de notícias falsas e discursos de ódio!’. Além disso, a MRV também disse que não compactua com ‘qualquer forma preconceito’. Enfim, as duas empresas também retiraram a atração da RedeTV de seus planos de mídia.

Leia mais

Sikêra Jr acusa Xuxa de pedofilia e apologia às drogas
Xuxa diz que voltaria à Globo com fim do contrato na RecordTV
Val Marchiori comemora aniversário de 15 anos dos filhos

‘Raça desgraçada’

A princípio, a onda de cancelamento de patrocínio aconteceu após uma campanha do Burger King. Isso, porque o vídeo questionava crianças a respeito do que elas achavam de ver dois homens ou mulheres se beijando. A maioria das crianças reagiu naturalmente à ideia, sem grandes problemas – como normalmente acontece em ambientes onde as crianças sentem e falam o que pensam. Enfim, professores e psicólogos conseguem entender melhor essas ideias, não um jornalista de TV.

Sendo assim, como não tem muita experiência com crianças fora dos espaços que vive, Sikêra se revoltou. Dessa forma, ele chamou a população LGBTQIA+ de ‘raça desgraçada’ e afirmou que as crianças são usadas e afirmou que a campanha era uma lição de ‘comunismo’. Mais uma vez, duas questões completamente sem nexo.

As falas geraram repercussão entre empresas, famosos e diversos setores da comunidade. Às vésperas do dia do Orgulho LGBTQIA+, Sikêra comprou uma briga com um público bastante engajado no tal do cancelamento.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente