Silvye Alves é submetida a cirurgia após agressão do ex-namorado

Silvye Alves é submetida a cirurgia após agressão do ex-namorado
Submeteu-se então Silvye Alves a cirurgia após agressão do ex-namorado

Silvye Alves, apresentadora do Cidade Alerta Goiás, da Record TV, que foi agredida em sua casa pelo ex-namorado, o empresário Ricardo Hilgenstieler, na madrugada de segunda (21), contou que precisou ser submetida a uma cirurgia após ser violentada. Ela compartilhou o valor gasto com os procedimentos cirúrgicos feitos no rosto no valor de R$ 20.500.

Dessa forma, o relatório médico, assinado pelo cirurgião plástico Rafael Meirelles, informa que Silvye chegou com lesão cortocontundente em filtro labial com cerca de 4 cm vertical e horizontal em forma de “H”. Realizou-se a cirurgia no dia 21 de junho, à 1h30 da manhã.

O filho da jornalista, de 11 anos, presenciou a violência doméstica. Portanto, agentes da Polícia Federal detiveram o agressor no aeroporto de Goiânia. Eles acionaram a Polícia Militar e o conduziram até a 1ª DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher). Menos de 24 horas depois de ter agredido Silvye, Ricardo foi solto. O empresário pagou fiança no valor de R$11 mil e foi liberado na manhã de terça (22), mesmo com o pedido de prisão preventiva feito pela promotora que cuida do caso.

Após a agressão, Sylvie então fez um desabafo. “Não está sendo fácil… A dor física só não é pior do que a dor na alma… A maior tristeza de tudo isso foi ver meu filho sofrer… Prometi nunca fazê-lo sofrer e hoje aconteceu o pior… Peço orações a vocês, cessem o ódio, por favor, isso não leva a lugar nenhum… Assim que conseguir, vou conversar com vocês… Se puder, nos coloque em suas orações”.

Record se manifesta

A Record TV se manifestou na tarde de desta segunda-feira (21) após Silvye Alves sofrer uma agressão em sua casa pelo ex-namorado.

Assim, a emissora emitiu uma nota de repúdio. “É inadmissível que os casos de violência contra a mulher aumentem a cada ano, apesar de todos os esforços em denunciar a gravidade dos casos. Números que, infelizmente, cresceram durante a pandemia: uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos afirma ter sofrido algum tipo de ataque no último ano no Brasil, durante a pandemia de Covid, segundo pesquisa do Instituto Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) divulgada em junho.”

Na nota, a emissora então diz que está prestando todo o apoio à profissional. “Infelizmente nossa apresentadora do Cidade Alerta em Goiânia, a jornalista Silvye Alves, que tantas vezes no programa denunciou os casos de violência doméstica, foi vítima de agressão na madrugada desta segunda-feira (21/06). A Record TV recebeu a notícia com profunda indignação e esclarece que presta todo apoio necessário à profissional neste momento tão delicado.”

A Record então finalizou. “Acreditamos que toda a sociedade deve se mobilizar para que situações como essa não ocorram e que os agressores sejam devidamente punidos. Reiteramos nosso repúdio a qualquer tipo de violência e prestamos nossa solidariedade à Silvye Alves e a todas às vítimas deste tipo de crime. A Record TV ainda reafirma seu compromisso de apoio à luta contra a violência contra a mulher, num trabalho contínuo de denúncia e conscientização de toda a sociedade.”

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente