Ex-BBB Vanderson Britto se defende de acusações de assédio: 'Tudo será esclarecido'

25 Jan 2019

 

Biólogo foi eliminado do Big Brother após precisar depor a uma delegada de polícia, no Rio

 

 Reprodução/Globoplay

 

O ex-BBB Vanderson Britto, eliminado do jogo depois de acusações de assédio e violência contra a mulher, comentou nesta sexta-feira (25), um pouco mais sobre a polêmica que o tirou do reality. 

 

"Continuo pedindo que espalhem amor e menos rancor! A verdade é uma só!", anunciou o brother. 

 

+ Família defende Vanderson de acusações

Vanderson depõe e é eliminado do BBB19

 

O biólogo também chegou a pedir aos seguidores para não entrarem em discussões sobre o caso. Para ele, basta o carinho que está recebendo desde que deixou a casa.

 

"Gostaria de agradecer imensamente por todo amor e torcida que recebi, todo carinho, prometo ser recíproco com todos, viu? Só tenho um pedido agora para fazer. Se conquistei a sua confiança, admiração, se você está me seguindo e me acompanha, não entre em debates, discussões, não se estresse com as pessoas que estão me atacando ou difamando!", afirmou o acreano de 35 anos. 

 

"A verdade é uma só e o mais breve, tenho fé, tudo será esclarecido. Quero muito poder contar com vocês! Vamos ser amor, como sempre digo para sermos luz, bora continuar assim. Estou sereno, minha família está me dando um baita apoio e toda a área jurídica também. Vamos evoluir!", analisou. 

 

As acusações de violência e assédio contra Vanderson começaram logo que seu nome foi anunciado entre os participantes do jogo. Maíra Menezes, ex-namorada do biólogo, comentou o caso nas redes sociais. 

 

"Agressor de mulheres no BBB. Imagina você abrir seu celular cheio de mensagens de amigas perguntando como eu estava. O rosto do meu agressor estava por toda parte, por toda a internet. Meu Deus, só eu sei o que eu vivi. Típico relacionamento abusivo que terminou com uma agressão", destacou Maíra, no dia 10 de janeiro, uma semana antes da estreia do programa.

 

"Eu terminei ainda amando, mas sabia que ele ia me bater de novo. Na época, com 18/19 anos, não tive coragem de fazer a denúncia. Anos depois, todo esse sofrimento me fez amadurecer e me fez feminista. Eu não sou a única. Sofri muito na época porque ninguém acreditou em mim, mas a verdade aparece e esse ano é ano de OGUM!", afirmou, ao lembrar que não foi a única mulher que sofreu violência. 

 

Desde então, Vanderson é investigado e, com o desenrolar do processo, precisou prestar depoimento à polícia. Como teve que se ausentar da casa, foi eliminado do jogo, como informou a Globo.

 

 Vanderson antes de entrar na casa do BBB19. Foto: Reprodução

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Please reload

  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Black
Siga "famosando"
Please reload

O site Famosando é um parceiro do IG Gente 
contato@famosando.com.br