Miguel Falabella sobre briga com Silvio de Abreu "Algum desocupado tem que justificar o pouco salário que ganha"

15 Aug 2019

Na última semana, alguns veículos noticiaram que Miguel e Silvio teriam se estranhado 

Na última semana, o site NaTelinha, divulgou um desentendimento nos bastidores da Rede Globo. Segundo o site, tudo começou quando Silvio informou ao pessoal do Fórum de Dramaturgia da emissora que a série "Eu, a Vó e a Boi", que Miguel vem escrevendo com a aprovação de Glória Perez, à época executiva de séries da Casa e que deixou a função há alguns meses, não teria segunda temporada. A notícia pegou todos de surpresa, uma vez que a primeira leva de episódios ainda está em processo de gravação. Isso foi contra a ideia de Miguel, que pretendia escrever várias temporadas da história que é baseada num thread do Twitter. Fontes próximas à dramaturgia da Globo acreditam que a decisão ocorreu por a série não ter sido aprovada por Silvio de Abreu mas por Glória, e que ele quer ter, inclusive no Globoplay, apenas produções que passaram por seu crivo. Como Perez não está mais à frente na gestão de novos projetos na área, tudo que foi aprovado por ela está sendo reavaliado. 

 

 Miguel Falabella durante a estreia VIP de Zorro - Foto:Leo Franco /Agnews

Em conversa com a imprensa, Miguel negou toda a história "Eu não sei que história é essa. Ele é um colega por quem eu tenho profunda admiração, nas minhas entrevistas sempre foi o meu autor favorito. O que eu acho mais grave nessa história toda não é eu e o Silvio, porque isso nunca aconteceu, nunca briguei com o Silvio e nem vou brigar...não tem porque, mas é a loucura desse país, a loucura da fake news."

 

O ator continuou criticando a disseminação das fake news "Algum desocupado que tem que justificar o pouco salário que ganha inventa uma m*** dessas e pessoas com seriedade começam a repetir como se isso fosse verdade. Isso é o que eu acho grave, que o vagabundo escreva não...porque ele está no papel dele, o que eu acho grave não é a baixaria, porque a baixaria a gente já assiste sem prestar a atenção, a gente já sabe que aquilo é baixaria, mas órgãos que se dizem sérios reproduzirem isso é o que eu acho meio violento."

 

Por fim, Miguel deixou claro sua admiração pelo autor "E pra deixar claro eu adoro o Silvio de Abreu, tenho maior admiração e nunca briguei com o Silvio de Abreu na minha vida, então isso é falta do que fazer, falta de uma faxina, de uma cozinha pra lavar, de uma roupa, de um tanque, e de um salário melhor"

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Please reload

  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Black
Siga "famosando"
Please reload

O site Famosando é um parceiro do IG Gente 
contato@famosando.com.br