Canal Brasil desmente censura em Festival de Gramado

26 Aug 2019

A emissora emitiu um comunicado oficial

 

O Canal Brasil trasmitiu ao vivo, neste fim de semana, a cerimônia de premiação do Festival de Cinema de Gramado. O evento foi marcado por protestos contra o desmonte para as políticas do setor e a censura promovida pelo governo Jair Bolsonaro. Os artistas realizaram um protesto no tapete vermelho e foram agredidos por bolsonaristas que atiraram pedras de gelo e comida durante protesto na chegada ao evento.

 

Segundo a colunista Fábia Oliveira, momentos antes do evento teve uma reunião de membros da emissora (Canal Brasil), que receberam ordem de cortar a transmissão caso algum artista falasse mal do presidente Jair Bolsonaro.

 Fotos Eduardo Martins/ Agnews

 

Nesta segunda-feira, 26, a emissora emitiu uma nota desmentindo o fato "O Canal Brasil nega veementemente a informação publicada pela colunista Fábia Oliveira, do Jornal O Dia, de que a transmissão da Cerimônia de Encerramento do Festival de Cinema de Gramado seria interrompida caso algum artista falasse mal do presidente Jair Bolsonaro. Tal hipótese é, inclusive, tecnicamente inviável, uma vez que a transmissão foi feita ao vivo em todas as plataformas."

 

O comunicado reinterou a informação de que o evento foi ao ar sem cortes "Como havia sido planejado e divulgado pelo canal, a cerimônia foi ao ar em tempo real e sem cortes ou intervalos. A noite foi extremamente politizada, com críticas feitas – e transmitidas – por diversos artistas e comentadas inclusive pelos apresentadores do canal. O Canal Brasil prima pela liberdade de expressão, pluralidade de discursos e diversidade e refuta qualquertipo de censura".

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Please reload

  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Black
Siga "famosando"
Please reload

O site Famosando é um parceiro do IG Gente 
contato@famosando.com.br