Com Scooby na platéia, Anitta é premiada como 'Mulher do ano' no Men of The Year 2019

28 Nov 2019

A cantora foi uma das premiadas durante festa no Copacabana Palace

 

A nona edição do Men of The Year, o MOTY, aconteceu na noite desta quarta-feira, 27, no Copacabana Palace no Rio de Janeiro. Não faltou gente bonita e muita elegância no palco e na platéia. Entre os vencedores da noite, Anitta, eleita Mulher do Ano, roubou todos os olhares, inclusive do ex, o surfista Pedro Scooby. Ao receber o prêmio, ela falou: "É a segunda vez que eu ganho esse prêmio em pouco tempo. Quando eu subi no palco para receber a honraria pela primeira vez, eu fiz uma listinha na cabeça de coisas que eu queria realizar na carreira. Por mais que eu ainda seja nova, eu acho que já completei a minha lista".

 

Anitta proseguiu "Eu nunca quis cantar por cantar. Eu queria levar o funk para o mundo. Agora eu quero que mais mulheres se sintam como eu. Espero voltar a esse prêmio como empresária ou mulher de negócios. Ser do funk e rebolar não é fácil, gente. Fico feliz de ser respeitada em tantos lugares", falou.

Pedro Scooby - Fotos Wallace Barbosa/ Agnews

 

Na categoria Personalidade Digital, venceu Felipe Neto. "Acho que o motivo de eu estar aqui hoje foi ter decidido dar voz a pessoas que são silenciadas há muito tempo neste país", disse ele.

 

Fábio Porchat recebeu o prêmio Televisão. "No momento em que todo mundo quer falar e lacrar na internet, eu acho que a gente precisa mais ouvir os outros. Dessa ideia nasceu o meu programa Que História É Essa, Porchat", afirmou ele, dedicando o título à família.Dominique Oliver, CEO da Amaro, venceu o prêmio de Homem do Ano em Moda.

 

Silvero Pereira levou o prêmio na categoria Cinema. Vestida de drag, ele fez o discurso mais emocionante da noite. "Eu imagino que muita gente deve se perguntar agora: 'como alguém pode ganhar um prêmio chamado "Homens do Ano" vestido dessa forma?' 'É para aparecer?' Não, eu não quero likes. Eu vim do sertão do Ceará. Sei o que é passar fome e o que é passar sede. Eu fui violentado socialmente por diversos anos. Mas eu estou aqui e queria dizer que o meu lado feminino empodera o meu lado masculino. É por isso que eu vim assim", falou.

 

Dominique Oliver, CEO da Amaro, venceu o prêmio de Homem do Ano em Moda. Na categoria Liderança, Guilherme Benchimol. Márcio Silva, do Guilhotina, venceu a categoria Bartender. Baco Exu do Blues venceu o MOTY na Música. A categoria Novos Negócios foi vencida por Eduardo Vanzak e Lohran Schmidt, responsáveis pelo Desinchá. Marcos Leta, fundador da Fazenda Futuro, recebeu o prêmio Sustentabilidade. Na categoria Responsabilidade Social, o maestro Carlos Prazeres falou do seu trabalho na Favela da Maré.

 

Confira uma galeria de fotos:

Fotos Wallace Barbosa/ Agnews

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Please reload

  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Black
Siga "famosando"
Please reload

O site Famosando é um parceiro do IG Gente 
contato@famosando.com.br